domingo, 26 de março de 2017

Em programa gravado na Serra, Colombo fala sobre a SC-114 e os reflexos negativos da operação Carne Fraca


O Com a Palavra, o Governador desta semana foi gravado na Serra catarinense. Raimundo Colombo concedeu entrevista na SC-114, em São Joaquim, estrada que recebeu mais de R$ 90 milhões em obras de reconstrução. No programa, o governador também falou sobre os desafios do setor do agronegócio diante dos reflexos da operação Carne Fraca, deflagrada pela Polícia Federal.


Ao caminhar às margens da SC-114, Colombo reforçou a importância das obras na rodovia. O projeto contemplou, principalmente, a correção de curvas acentuadas e a implantação de faixas adicionais, favorecendo o tráfego e aumentando a segurança dos motoristas. O governador entregou a reconstrução da SC-114, no trecho de 55 quilômetros que vai do município até Painel, nesta sexta-feira, 25.
A respeito da situação da carne em SC, Colombo informou que o problema é desafiador. “Nós produzimos cerca de três mil frangos por dia. E nossa capacidade de armazenagem é de 6, 7 dias. Então, tem que diminuir o abate e isso gera toda uma crise”, disse.
O governador explicou que o SC está trabalhando para recuperar a credibilidade junto ao mercado. “A situação é difícil porque temos mercados importantes, como China e países da Europa. Estamos fazendo todo um trabalho de explicação e de argumentação, com muita transparência”, afirmou. 
A íntegra da entrevista está disponível nos canais oficiais do Governo no Youtube e no Vimeo. A Rádio Secom publica a versão do programa em áudio.
Informações adicionais para a imprensa
Francieli Dalpiaz
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: francieli@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3005/8843-5676
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC

Campanha de vacinação contra a gripe começa em 17 de abril no Paraná


A Secretaria Estadual da Saúde reuniu nesta quinta-feira (24) a Comissão de Infectologia para discutir as estratégias adotadas na vacinação contra a gripe no Paraná em 2017. O início da campanha foi marcado para 17 de abril nos 399 municípios do Estado e vai até 19 de maio. 

“Os paranaenses terão mais de um mês para buscar uma unidade de saúde e se imunizar contra a Influenza. Nosso público-alvo passa de 3 milhões de pessoas e a meta é vacinar, no mínimo, 90% delas”, disse o secretário de Estado da Saúde, Michele Caputo Neto. 

A mobilização nacional, também conhecida como Dia D, vai acontecer em 6 de maio. Nesta data, as unidades de saúde ficarão abertas durante todo o dia para vacinar a população que pertence aos grupos da campanha. 

“A vacina tem o objetivo de proteger principalmente pessoas que têm maior risco de desenvolver a forma grave da doença. Deste modo, podemos reduzir também o número de mortes por gripe”, explica a chefe do Centro estadual de Epidemiologia, Júlia Cordellini. 

O público-alvo inclui pessoas com 60 anos ou mais, crianças de seis meses a quatro anos de idade, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), profissionais de saúde, indígenas, portadores de doenças crônicas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional. 

Para 2017, o Ministério da Saúde também incluiu para a vacinação os professores do ensino regular e superior de escolas públicas e privadas. No Paraná, esse público é estimado em 144 mil profissionais, totalizando 3,1 milhões de pessoas para receber a vacina no Estado em 2017. 

REUNIÃO – A reunião também discutiu questões sobre as vacinas da dengue e da febre amarela. A comissão, coordenada pela Secretaria da Saúde, reúne representantes de sociedades profissionais, conselhos de classe e instituições ligadas à área de infectologia. Mensalmente, o grupo discute estratégias para prevenção, controle e tratamento de doenças infecciosas.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br

sábado, 25 de março de 2017

Cuririba, Dois motoristas morrem na hora e oito pessoas ficam feridas em acidente grave no Contorno Leste


Duas pessoas morreram em um grave acidente na manhã deste sábado (25) no Contorno Leste, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. O motorista de um Fiat Uno, 38 anos, e outra que dirigia um Chevrolet Prisma, de 45 anos, morreram na hora. Outras oito pessoas tiveram ferimentos e foram encaminhadas a hospitais por ambulâncias
O acidente aconteceu na BR-116, na no quilômetro 98, por volta das 11h40. O Fiat Uno, que segui sentido São Paulo, invadiu o canteiro central, atravessou a pista contrária e colidiu de frente contra um Prisma. O policial rodoviário Caron disse à Banda B que os dois motoristas dos carros morreram na hora. “Um acidente grave, não temos informações bem precisas, mas o que sabemos é que o motorista do Uno atravessou a pista e colidiu frontalmente com um veículo Prisma, e na sequência um Megane bateu contra o Fiat Uno também. Os motoristas dos dois envolvidos na colisão frontal não resistiram”, descreveu o policial à Banda B.
No Renault Megane havia seis pessoas – três adultos e três crianças. Além delas, outras duas pessoas que estavam no Prisma também ficaram feridas e foram socorridas por ambulâncias. Entre elas, a mãe da motorista do Prisma, uma idosa, que perguntava da filha, sem saber sobre o ocorrido.
Ambulâncias da Autopista Litoral e também do Siate, do Corpo de Bombeiros, fizeram atendimento às vítimas e as encaminharam ao Hospital Evangélico, em Curitiba, e Hospital de São José.
O Fiat Uno tem placas de Fazenda Rio Grande, o Prisma de Brusque (SC) e o Megane de Curitiba. Na pista sentido Sul, uma das três faixas segue bloqueada. Na pista sentido São Paulo, as duas faixas estão liberadas, mas com trânsito lento, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF).
Confira o vídeo, registrado pela PRF:

Agricultura prevê safra de 19 milhões de toneladas de soja


A Secretaria da Agricultura e Abastecimento elevou novamente a projeção de produção de soja para a safra 2016/17, que deve ultrapassar as expectativas anteriores. Conforme acompanhamento do Departamento de Economia Rural (Deral), o Paraná deverá colher um volume recorde 19 milhões de toneladas de soja, impulsionado pela elevada produtividade que está sendo revelada pelo avanço da colheita.

A reavaliação de safra feita pelo Deral constatou que o clima foi excepcional durante o desenvolvimento da safra 16/17, favorecendo o desempenho das principais culturas cultivadas no período do verão: soja, milho e feijão. A nova projeção para a safra de verão aponta para um volume de 24,2 milhões de toneladas, 19% acima da safra anterior.

Para o secretário da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, as novas estimativas para a safra de verão 2016-2017 confirmam a eficiência dos produtores rurais paranaenses, que ano a ano, buscam acompanhar e aprimorar o desenvolvimento tecnológico como forma de melhorar a produtividade e a rentabilidade das lavouras. “Esse processo constante de capacitação e aprimoramento tecnológico reduz o risco e se traduz em produtividade e qualidade, características presentes em toda cadeia produtiva do setor agropecuário paranaense”, afirmou Ortigara.

De acordo com o diretor do Deral, Francisco Carlos Simioni, praticamente todas as culturas foram favorecidas pelo clima, caracterizado pela corrente La Niña, que teve um comportamento mais fraco do que o esperado. Com temperaturas mais amenas na primavera e chuvas regulares durante todo o ciclo das culturas, atrelado ao emprego de tecnologia adequada, o resultado foi positivo. “Isso está sendo comprovado com as produtividades acima do previsto”, explicou.

COLHEITA - Cerca de 77% da área plantada com soja já foi colhida, indicando uma produtividade 5% acima da média inicialmente prevista. Segundo o economista do Deral, Marcelo Garrido, o Paraná está colhendo uma média de 3.655 quilos por hectare de soja, o que está elevando a produção da soja deste ano em 15%, em relação à produção anterior.

O bom desempenho também está ocorrendo com o milho. Segundo o Deral, o avanço da colheita revelou uma produtividade média no Paraná de 9.,1 mil quilos por hectare, a maior já registrada no Estado. Segundo o técnico Edmar Gervásio, do Deral, deverá ser colhido um volume de 4,6 milhões de toneladas na primeira safra, 40% superior à safra colhida no mesmo período do ano passado, apesar do aumento de área plantada de 21%. 

A produtividade média do milho, obtida este ano no Paraná, revela que ela dobrou em relação às produtividades de 10 anos atrás, quando a média oscilava ao redor de quatro mil quilos por hectare. Segundo Gervásio, a tecnologia aplicada hoje em sementes, plantio, manejo de solos e novas cultivares, estão possibilitando essa excelência em produção de milho.

A segunda safra de milho já está com 94% da área prevista (2,35 milhões de hectares) plantada. A área será 7% maior em relação ao ano passado, a maior da história. De acordo com o Deral, a projeção de produção para o milho da segunda safra aponta para um volume de 13,6 milhões de toneladas. A concretização dessa expectativa depende do comportamento do clima durante o outono e início de inverno.

FEIJÃO - A segunda safra de feijão já foi 100% plantada, ocupando uma área de 230 mil hectares, 13% acima da área ocupada no mesmo período do ano passado. O Deral está projetando uma produção de 424.341 toneladas de feijão, considerando um aumento de 25% na produtividade.

Esse aumento no rendimento embute a volta da normalidade da safra, que teve muito prejuízo no ano passado. Cerca de 91% da cultura que está em campo está em boas condições de desenvolvimento, sendo que daqui para frente o comportamento do clima será decisivo no resultado final.

A primeira safra de feijão já foi encerrada, com a colheita de 362 mil toneladas, volume 23% acima do obtido no ano passado. De acordo com o economista do Deral, Methódio Groxco, foi uma safra cheia, praticamente sem quebra de produção, como aconteceu em anos anteriores. O clima colaborou e a tecnologia empregada pelos produtores, também. Com o aumento da oferta de feijão no mercado, os preços estão menores que no ano passado, apesar de ainda estarem acima do preço mínimo previsto para o grão.

(BOX)

Área de plantio de trigo recua no Paraná

A Secretaria da Agricultura e Abastecimento divulgou a primeira estimativa para a safra de trigo de 2018 que começa a ser plantada em abril. A tendência é de recuo de 3% na área plantada, devendo ocupar um total de 1,05 milhão de hectares, cerca de 40 mil hectares a menos que no ano passado. 

A expectativa de produção aponta para um volume de 3,3 milhões de toneladas, uma redução de 4% em relação ao ano passado. A confirmação dessa expectativa depende do clima. O recuo no plantio de trigo está sendo substituído pelo plantio de plantas forrageiras e de cobertura, que protegem o solo.

O trigo é o principal grão cultivado no inverno no Paraná, o que deverá alavancar também um recuo na área plantada dos cereais de inverno, em cerca de 4%. Mas grãos como centeio e cevada terão aumento de área de 13% e 22%, respectivamente. 

De acordo com o diretor do Departamento de Economia Rural (Deral), Francisco Carlos Simioni, o principal fator de redução no plantio do trigo é a falta de estímulos ao produtor, com rentabilidades negativas nas últimas safras. O preço, em torno de R$ 31,00 a saca, não cobre os custos de produção e está abaixo do preço mínimo de garantia, que é de R$ 38,65 a saca.

“O produtor sofre com a ausência de uma política de crédito e comercialização de médio prazo, que lhe garanta fazer um planejamento adequado, com rotação de culturas para auferir ganhos melhores”, disse Simioni. 

Atrelado a esses fatores, o cenário de recomposição dos estoques mundiais do cereal com o bom desempenho da produção e elevação da oferta nos Estados Unidos, Austrália e na Argentina - principal fornecedor e garantidor do suprimento interno do Brasil -, está intimidando a expansão da produção brasileira e paranaense de trigo.

CEVADA - A área plantada com cevada deverá crescer 22%, passando de 42,9 mil hectares plantados no ano passado, para 51,7 mil hectares este ano. A produção poderá avançar 15%, passando das 207,3 mil toneladas da safra passada para 239.162 toneladas este ano.

As maltarias instaladas no Paraná estão incentivando o plantio da cevada principalmente na região de Guarapuava, considerada área nobre para o desenvolvimento da cultura, garantindo a compra de 100% da produção.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br

Quase 70% dos pontos analisados estão próprios para banho no Litoral catarinense

O relatório das condições das praias em Santa Catarina, divulgado pela Fundação do Meio Ambiente (Fatma), nesta sexta-feira, 24, aponta que dos 214 pontos analisados, 146 (68,2%) estão próprios para banho. As coletas para a elaboração do 16º relatório de balneabilidade da temporada foram realizadas entre os dias 20 e 24 de março. As informações estão disponíveis no www.fatma.sc.gov.br ou no aplicativo Praias SC, disponível para Android.

Em Florianópolis, dos 75 pontos monitorados, 49 (65,3%) estão próprios para banho. No restante do Litoral, dos 139 locais monitorados, 97 (69,8%) estão aptos para os banhistas. No total, 17 pontos passaram a ser impróprios e outros quatro mudaram a condição para próprio. “A chuva desta semana contribuiu para uma queda no número de pontos próprios, se comparado com o relatório da semana passada. Antes de mergulhar, indicamos que o banhista consulte o histórico daquele ponto. Em uma mesma praia, pode haver diversos locais aptos para banho”, informa o técnico do Laboratório da Fatma, Marlon Daniel da Silva.
Como é feito

Para dizer se um ponto é próprio ou impróprio para banho, a Fatma analisa a presença da bactéria Escherichia Coli, presente em fezes de animais e humanos. São necessárias cinco coletas consecutivas para se obter o resultado. Quando em 80% das análises a quantidade da bactéria é inferior a 800 por 100 mililitros, o ponto é considerado próprio. O programa da Fatma é um dos mais completos do Brasil e executado há 40 anos.

Os pontos analisados são nos municípios de Araranguá, Bal. Arroio do Silva, Bal. Gaivota, Bal. Camboriú, Bal. Da Barra do Sul, Bal. Rincão, Barra Velha, Biguaçú, Bombinhas, Florianópolis, Garopaba, Gov. Celso Ramos, Imbituba, Itajaí, Itapema, Itapoá, Jaguaruna, Joinville, Laguna, Navegantes, Palhoça, Passo de Torres, Penha, Piçarras, Porto Belo, São Francisco do Sul e São José.

Mais informações para a imprensa:Fundação do Meio Ambiente (Fatma)
Assessoria de Comunicação
Claudia De Conto / Anne Caroline Anderson
(48) 3665-4177/99172-8277

Coral da Sociedade Lírica de Joinville inicia suas apresentações de 2017 no dia 29 de março




sexta-feira, 24 de março de 2017

ASEPE ESTREIA NA COPA NORTE NESTE DOMINGO

         
       Foto de nosso arquivo

A equipe do asepe  unico representante de Itapoá na copa Norte estreia neste domingo as 15, horas contra o Piraberaba no campo de Itapema do Norte Itapoá

Prefeitura de Itapoá passará a atender em novo horário a partir do dia 3 de abril


A Prefeitura de Itapoá passará a atender das 13h às 19h. A mudança de horário ocorre a partir do dia 3 de abril e valerá apenas para o Centro Administrativo, localizado na Rua Mariana Michels Borges, 530, em Itapema do Norte.  

A alteração visa adequar o horário do paço municipal a outros órgãos públicos como Fórum, Ministério Público e Secretárias do Estado, além de melhorar a prestação de serviços à população.
Conforme o Decreto Municipal nº 3135/2017, os departamentos que executem serviços considerados essenciais obedecerão a escalas de horários estipuladas pelas respectivas chefias. 


Jogador de futebol sai de casa noturna no Seminário, faz ‘strike’ em táxis estacionados e se recusa a fazer bafômetro


Um jogador de futebol de 24 anos se envolveu em um acidente no fim da madrugada desta sexta-feira (24), no bairro Seminário, em Curitiba. Ele bateu o carro dele, um Jeep, contra dois táxis que estavam estacionados em frente a uma casa noturna sertaneja na Avenida Mario Tourinho, quase esquina com a Avenida Nossa Senhora Aparecida. Ninguém ficou ferido e o jogador se recusou a fazer o teste do bafômetro.
O acidente aconteceu por volta das 5h30. Segundo testemunhas, o jovem estava na casa noturna e teria feito um retorno pela quadra. O pai de um dos taxistas atingido no acidente disse à Banda B que o jovem estava em alta velocidade. “Meu filho que trabalha à noite estava fazendo o embarque de um passageiro quando o cidadão, visivelmente embriagado e em alta velocidade, bateu aqui na traseira, jogou o nosso carro pra frente e o da frente a mesma coisa. Ele bateu sem frear”, explicou.
O veículo do jovem, que tem placas do Rio de Janeiro, colidiu na traseira de táxi estacionado, que pelo impacto bateu contra o da frente – gerando três carros envolvidos no acidente. Assim que ocorreu a colisão, o jovem desceu desembarcou do carro e permaneceu no local até a chegada da Polícia Militar (PM).
Com dificuldade para se expressar, o jogador não quis dar detalhes sobre em qual time atua, mas confirmou que não trabalha em nenhum dos times da capital e assumiu o erro. “Irresponsabilidade minha, nunca aconteceu isso na minha vida, e espero arcar com as consequências. Preferiria que eu tivesse morrido do que deixar alguém ferido. Foi um erro, desculpa e vou reparar todos”, disse o jovem.
O sargento Alves do Batalhão de Polícia de Trânsito (Bptran) disse que o jogador não aceitou se submeter ao teste do bafômetro e que as medidas posteriores à negativa serão analisados. “É feito o boletim do acidente, tomamos todas as providências legais cabíveis. Todos são submetidos ao teste etilômetro. Até agora, o motorista do Jeep não aceitou fazer o bafômetro. Se ele apresentar sinais de embriaguez, teremos que levar para a delegacia”, finalizou.

Colombo fala sobre momento econômico de SC em inauguração do novo auditório da Associação Empresarial de Lages


Uma palestra do governador Raimundo Colombo sobre os desafios do atual cenário econômico e político do país marcou a abertura do novo auditório da Associação Empresarial de Lages (Acil), na noite desta quinta-feira, 23. O Estado foi parceiro da reforma, via Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), com R$ 700 mil. O local tem capacidade para 300 pessoas sentadas e conta com sistema de climatização, som, iluminação, camarim, saída de emergência e acessibilidade. 

“Historicamente, a Acil presta um trabalho extraordinário para o desenvolvimento de toda a região. E o novo espaço vai servir para o debate e a definição das ações para o bem de toda a sociedade. Nada mais justo que reconhecer e apoiar esse trabalho”, destacou o governador.


A Acil foi fundada em agosto de 1940 atuando junto a empresários da Serra Catarinense e vem se firmado como m das mais importantes entidades de classe da região, trabalhando pelo fortalecimento da atividade empresarial, do associativismo, além de estar ligada aos principais projetos de expansão econômica da Serra.

“Nosso compromisso é com todos os municípios da região serrana. É importante que Lages se fortaleça como polo regional que é, mas que cada lugar possa ser mais forte com as vocações que tem”, ressaltou o presidente da Acil, Sadi Montemezzo.

Palestra do governador abordou desafios da realidade política e econômica no país

Na palestra de abertura do novo auditório da Acil, o governador Raimundo Colombo falou sobre o atual momento político e econômico do país, e dos desafios enfrentados pelo Estado diante da forte recessão econômica.

Colombo destacou o protagonismo da sociedade ao cobrar um Estado mais eficiente e a importância de surgirem líderes, em todos os segmentos, comprometidos com a construção de um novo modelo. “Todos precisam contribuir e também apoiar o que pode dar certo. É necessário que as reformas ocorram ou o sistema vai se romper”, ressaltou Colombo ao explicar que Santa Catarina já fez, por exemplo, mudanças fundamentais como a reforma da previdência pública, para conter o déficit do sistema.

O governador argumentou que o Estado, por um conjunto de ações, como maior rigor nos gastos, investimentos em setores estratégicos e pela decisão de não aumentar impostos, será o primeiro a sair da crise.

“Graças a esse esforço, e não só do Governo, mas de todo o catarinense que trabalha e não se curva diante das dificuldades, conseguimos ser competitivos, para atrair novos investimentos. Somos uma potência no agronegócio e em tantos outros indicadores, e por isso não vamos desanimar. Há um processo de mudança em curso e teremos que ser fortes e responsáveis para construir a ponte do futuro sobre essas adversidades”, concluiu.

Informações adicionais para a imprensa
Francieli Dalpiaz
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: francieli@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3005/8843-5676
Site: www.sc.gov.br 
www.facebook.com/governosc e @GovSC

Fernanda Richa destaca ações do Família Paranaense em encontro de mulheres


A secretária da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa, foi homenageada nesta terça-feira (21) no 1º Encontro das Primeiras-Damas promovido pelo Núcleo Regional da Educação da Área Metropolitana Norte. O evento, em celebração ao Mês da Mulher, reuniu primeiras-damas e secretárias de Assistência Social de 14 municípios da região. 

No evento, Fernanda Richa destacou a importância do Família Paranaense, principal programa do Governo do Paraná para reduzir a pobreza no Estado. Nos últimos cinco anos, o programa chegou à marca de 271 mil famílias atendidas. 

Nesta semana, atingiu um novo patamar com o anúncio da construção de 650 moradias. As unidades habitacionais serão destinadas a famílias acompanhadas nos 156 municípios prioritários do programa – aqueles com menores índices de desenvolvimento. 

“O Família Paranaense nasceu aqui, como Família Curitibana, e ganhou os seus contornos nesta cidade para depois se consolidar como um dos mais consistentes programas de ação social em execução no País, de acordo com dados de órgãos federais ligados ao setor”, destacou Fernanda. 

As famílias acompanhadas pelo programa estão em todos os municípios do Estado e, desde 2012, são atendidas com ações como transferência de renda e ações em saúde, educação, habitação, assistência social, trabalho e renda. 

Coordenado pela Secretaria de Estado da Família e Desenvolvimento Social, o Família Paranaense reúne ações de 19 secretarias e empresas estaduais – além dos municípios. 

INVESTIMENTOS - Os investimentos do Governo do Estado somam R$ 128 milhões, por meio do programa, no Paraná. Destes recursos, R$ 105,5 milhões foram transferidos diretamente para 253 mil famílias de baixa renda. 

Os 29 municípios da Região Metropolitana de Curitiba receberão, em 2017, investimentos de R$ 45 milhões para ampliar o atendimento às famílias que vivem em situação de risco e vulnerabilidade social. 

Os recursos são destinados à construção de três Centros de Referência de Assistência Social; atendimento de crianças, adolescentes, idosos, pessoas com deficiência, moradores de rua e vítimas de violências, além de repasses diretos para fortalecer a política de assistência social nas cidades. 

Parte do valor será aplicada em ações do programa Família Paranaense, como o complemento de renda estadual, que é transferido às famílias mensalmente. 

HOMENAGENS – Além da secretária Fernanda Richa, a primeira-dama de Curitiba, Margarita Sansone, também foi homenageada. O evento contou com a presença da Chefe do Núcleo de Educação da Área Metropolitana Norte, Roni Miranda Vieira; a Secretária da Educação, Ana Seres Comin; Procurador do Estado Alessandro Oliveira; Secretário Municipal de Esportes, Lazer e Juventude, Marcello Richa; Secretário Municipal do Urbanismo e Assuntos Metropolitanos, Marcelo Ferraz César; e a Promotora Mariane Jozniak, além de primeiras-damas e gestoras da Região Metropolitana de Curitiba.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br

Com três gols de Paulinho, Brasil goleia o Uruguai de virada e fica a um passo da Copa do Mundo


A vaga na Copa do Mundo da Rússia, em 2018, é apenas questão de tempo para o Brasil. A seleção superou mais um grande obstáculo nesta quinta-feira, ao derrotar de virada o Uruguai, por 4 a 1, pelas Eliminatórias Sul-Americanas, em Montevidéu, e chegar aos 30 pontos na classificação. Com esta quantidade de pontos jamais uma equipe ficou fora do Mundial e, por isso, a presença já é lógica e depende apenas de meras formalidades matemáticas para se confirmar, o que deve ocorrer em breve.

O Brasil de Tite, agora com sete vitórias consecutivas, superou a maior série anterior da equipe nas Eliminatórias, conquistada por João Saldanha, em 1969. A nova marca foi estabelecida de forma convincente, ao golear de virada o Uruguai, que estava invicto como mandante desde 2009 e tinha até enfrentar o Brasil seis jogos e seis vitórias no Estádio Centenário, com apenas um gol sofrido.

A partida do líder das Eliminatórias contra o segundo colocado foi o confronto de diferentes propostas de jogo. De um lado o Uruguai se recusava a ficar com a posse de bola e optava pela postura defensiva, à espreita do contragolpe, para acionar Cavani ou Rolán em lançamentos. Do outro, o Brasil trocava passes, buscava triangulações e tentava cansar o adversário.
A seleção previa um jogo truncado, ao estilo da Copa Libertadores. O roteiro se cumpriu, felizmente, só dentro de campo. Do lado de fora as duas torcidas chegaram juntas ao Centenário, em clima de confraternização. Não houve vaias durante os hinos, nem a presença de 60 mil uruguaios representou um ambiente tão amedrontador. A multidão via o jogo calada, com manifestações apenas nos momentos mais agudos.

A classificação do Brasil à Copa tem tudo para vir sem sustos e, por isso, o aprendizado em Montevidéu será uma experiência muito importante. Pela primeira vez desde a chegada de Tite a equipe saiu atrás no placar. Marcelo tentou recuar de peito para Alisson, a bola saiu sem força e o goleiro derrubou Cavani. O atacante uruguaio bateu aos nove minutos para fazer 1 a 0.
A desvantagem parecia uma armadilha ao nervosismo, pois deu ao Uruguai a comodidade de ficar à espera do contra-ataque. Para a bola chegar até Neymar ou Philippe Coutinho era preciso atravessar uma bem armada fortaleza. Era preciso tranquilidade e confiança para relembrar que antes do gol uruguaio, o Brasil quase havia saído na frente. Essas virtudes a equipe juntou aos poucos e após jogada trabalhada da esquerda, com Neymar, a bola chegou para Paulinho bater no ângulo e empatar, aos 19 minutos.

A igualdade representou um pouco mais de justiça ao futebol apresentado, porém quem criava mais, como o Brasil, tinha o direito de sonhar com algo melhor. Firmino, o substituto de Gabriel Jesus, havia perdido uma chance clara no começo do jogo, para se redimir no início do segundo tempo. Ele chutou, o goleiro deu rebote e Paulinho, novamente, apareceu na área para concluir, aos seis minutos.
A vantagem fez a pressão mudar de lado. Passou a ser o Uruguai quem propunha o jogo e quem passou até a ver a torcida mais tensa no estádio. As jogadas mais duras passaram a aparecer. Para o bem do Brasil, a equipe aprendeu a sofrer quando é necessário e a definir o jogo quando mais se precisa. Coube a Neymar fazer o gol que deu tranquilidade ao Brasil, com um toque de cobertura, após contra-ataque, um lance capaz de cativar aplausos dos uruguaios e gritos de “o campeão voltou” vindos da torcida verde-e-amarela.
E ainda houve tempo para um quarto gol, para sacramentar a expressiva vitória. Aos 47 minutos, Daniel Alves cruzou para Paulinho, livre na pequena área, empurrar a bola para as redes com o seu peito. Foi o terceiro gol do volante na partida, para definir a goleada brasileira por 4 a 1.
Agora, na próxima terça-feira, o Brasil receberá o Paraguai no Itaquerão e poderá até sacramentar a vaga na Copa dependendo de uma combinação de resultados. Já o Uruguai, segundo colocado nas Eliminatórias com 23 pontos, tentará se reabilitar como visitante diante do Peru.

quinta-feira, 23 de março de 2017

Reunião do Pessoal do Som Automotivo com o Prefeito


Nesta terça feira 21 o pessoal adeptos do som automotivo Liderados por Ivan da Luz reuniram se com o Prefeito Marlon e o comandante da Policia militar de Itapoá Tenente Lima nas dependências da câmara de vereadores para reivindicar um espaço adequado para realização de eventos de som automotivo, também estiveram presente na reunião o presidente da câmara de vereadores Jonecir Soares, vereador José Maria Caldeira e o secretário de Turismo Claudio Lemonie.




Paraná Clube reage e busca empate em Londrina


O Paraná Clube precisou correr – e muito – para evitar a primeira derrota fora de Curitiba neste Campeonato Paranaense. Após uma desvantagem de dois gols, o Tricolor teve força para reagir e buscar o empate por 2x2 com o Londrina, no estádio do Café. O Tricolor segue na liderança isolada da competição, com 22 pontos, três de vantagem sobre o Cianorte. No próximo domingo, o time de Wagner Lopes vai a Toledo, para mais um jogo longe de sua torcida. A partida será às 16h, no 14 de Dezembro.

Toda e qualquer estratégia do técnico Wagner Lopes ruiu com apenas um minuto de jogo. Na bola enfiada por Robinho, Fabinho apareceu na frente de Léo para conferir: 1x0. O Paraná demorou a “entrar” no jogo, mas aos poucos passou a pressionar a meta do goleiro Alan. Júnior mandou a bola rente à trave, num tiro de fora da área, aos 10 minutos. Aos 25, o Tricolor quase empatou. Na cobrança de escanteio de Renatinho, Airton desviou para grande defesa de Alan.

Só que aos 36 minutos, o árbitro Edivaldo Elias da Silva “viu” pênalti de Airton em Paulo Rangel. Lance duvidoso e muito reclamado pelos defensores paranistas. Na cobrança, Germano não deu chance a Léo: 2x0. Apesar da desvantagem, o Paraná não se entregou e foi buscar o primeiro gol ainda na etapa inicial. Nos acréscimos, o árbitro marcou falta na entrada da área. Na cobrança, França – que já tinha amarelo – se adiantou na barreira e levou o segundo cartão amarelo. Foi expulso. E, na cobrança, Renatinho marcou um golaço. Bola no ângulo esquerdo: 2x1.

Com a vantagem numérica, o Paraná voltou para a etapa final disposto a mudar a sorte do jogo. Bruno Cantanhede entrou na vaga de Diego Tavares e o Tricolor partiu para o abafa. Logo aos 7 minutos chegou ao empate. Na jogada de Alex Santana, pelo meio, ele serviu Matheus Carvalho, que na saída do goleiro, não vacilou: 2x2. Wagner fez novas mudanças, com as entradas de Felipe Alves e Nathan. O Paraná ainda perdeu boas chances com Kaike e Alex Santana, mas quando Nathan se machucou (entorse de tornozelo), o jogo voltou a ficar equilibrado e caminhou mesmo para o empate.

LONDRINA 2x2 PARANÁ CLUBE
Londrina: Alan; Igor Bosel, Marcondes, Matheus Borges e Ayrton; França, Germano, Fabinho e Robinho (Rafael Gava); Yaya (Bidía) e Paulo Rangel (Brandão). Técnico: Cláudio Tencati.
Paraná: Léo; Júnior, Airton, Eduardo Brock e Kaike; Gabriel Dias, Alex Santana, Diego Tavares (Bruno Cantanhede) e Renatinho; Matheus Carvalho (Nathan) e Ítalo (Felipe Alves). Técnico: Wagner Lopes.

Local: Café ( Londrina-PR)
Árbitro: Edivaldo Elias da Silva
Assistentes: Luiz Henrique de Souza Santos Renesto e Arestides Pedeira da Silva Júnior
Renda: R$ 31.485,00
Público pagante: 1.451
Público total: 1.763
Gols: Fabinho a 1’, Germano (pênalti) a 37’ e Renatinho a 47’ do 1º tempo. Matheus Carvalho a 7’ do 2º tempo
Cartões amarelos: Matheus Borges, Bidía e Paulo Rangel (Londrina). Júnior, Brock, Alex Santana e Matheus Carvalho (Paraná)
Expulsão: França a 45’ do 1º tempo

Departamento de Comunicação - PRC

quarta-feira, 22 de março de 2017

Governo entrega à Polícia Militar 384 bafômetros para blitze de trânsito


O governador Beto Richa entregou nesta terça-feira (21) mais 384 bafômetros para a Polícia Militar usar em blitze de trânsito. Os novos equipamentos foram comprados pelo Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR) e fazem parte de um total de 768 unidades que serão entregues pelo Governo do Estado até 2018, com investimentos de R$ 15 milhões. Os aparelhos são específicos para fiscalização policial no trânsito e requerem aprovação do Inmetro, do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). O valor investido inclui, além dos bafômetros, a aquisição de biqueiras, impressoras e outros itens e a manutenção dos aparelhos pelos próximos dois anos.A entrega foi feita no Batalhão de Polícia do Trânsito (Bptran), em Curitiba. 

Na mesma solenidade, foi anunciada a parceria para que informações e serviços da Copel sejam disponibilizados nos 280 terminais de autoatendimento do Detran-PR. 

“Estamos modernizando a estrutura do Governo do Estado para melhorar a qualidade dos serviços de atendimento à população paranaense”, disse Richa. “A entrega destes equipamentos para a Polícia Militar é mais um grande passo para aprimorar a fiscalização do trânsito nas estradas e cidades e, assim, diminuir os índices de acidentes”, afirmou. 

Richa mencionou outra ação que foi a entrega, no final do ano passado, de 66 viaturas para reforçar a fiscalização nos postos da Polícia Rodoviária Federal (PRF) nas rodovias que fazem parte do Anel de Integração. Foram investidos R$ 7,8 milhões. 

PERIGO - Dirigir sob influência do álcool ou embriagado corresponde a 10% dos acidentes com mortes nas rodovias federais no Paraná. Um levantamento da PRF revela que essa é quarta maior causa de acidentes no Estado, ficando atrás apenas de excesso de velocidade (31,2%), falta de atenção (28,5%) e desobediência a sinalização (11,2%). 

“O investimento em equipamentos é essencial para coibir comportamentos de risco. No Paraná, temos trabalhado com o chamado tripé da segurança viária, que prevê ações conjuntas de educação, fiscalização e engenharia de tráfego”, explicou o diretor-geral do Detran-PR, Marcos Traad. 

REDUÇÃO - Segundo o Detran-PR, foram 9,2 mil infrações registradas em 2015 e 8 mil em 2016. O comandante-geral da Policia Militar, coronel Maurício Tortato, disse que nos últimos dois anos o número de motoristas flagrados dirigindo sob influência de álcool reduziu e que a expectativa é que o número diminua ainda mais. 

“Com os novos equipamentos dobraremos nosso potencial de fiscalização, atuaremos não apenas com efeito repressivo, mas também para educação de trânsito, para diminuir o impacto grave da composição que é o álcool e a direção”, disse ele. 

RIGOR - A Lei Seca, em vigor há mais de sete anos, determina que o condutor que tiver nível igual ou superior a 0,3 miligramas de concentração de álcool por litro de ar alveolar pode ser preso. Neste caso, o motorista comete crime de trânsito e deve ser encaminhado à delegacia. 

Quem se recusa a fazer o teste bafômetro, ou qualquer exame que detecte a influência de álcool ou drogas, paga multa de R$ 2.934,70, tem a carteira de habilitação suspensa por 12 meses e o veículo retido. Além disso, o agente de trânsito pode fazer a comprovação da embriaguez por meio de testemunhas, vídeos e sintomas evidentes como hálito, sonolência e agressividade. 

BOX

Cidadãos poderão acessar serviços da Copel em terminais do Detran
A parceria entre Copel e Detran-PR, anunciada nesta terça-feira (21), permitirá que, a partir de maio, os consumidores acessem, nos 280 equipamentos de autoatendimento do Departamento de Trânsito espalhados pelo Estado, serviços básicos como alterações de dados cadastrais, consulta de débitos, pagamentos realizados e impressão de segunda via da fatura. 

“A informatização dos serviços iniciada pelo Detran-PR foi tão satisfatória que decidimos ampliar o projeto para outras áreas do governo. A primeira parceria será com a Copel, mas estudamos incluir outros órgãos do Estado”, explicou o governador Beto Richa 

Segundo Antônio Sérgio de Souza Guetter, presidente da Copel, o convênio permitirá à companhia, no prazo de um ano, avaliar com mais profundidade o modelo de autoatendimento por meio de terminais, já usado com êxito pelo Detran-PR. 

“A cooperação entre Detran e Copel representa uma iniciativa inédita de compartilhamento de estrutura, que permitirá aos paranaenses acesso fácil, de forma prática e segura aos serviços mais buscados na companhia” 

O governador explicou que, desde a implantação do sistema informatizado, o Detran-PR já atendeu de forma "online" mais de 6,5 milhões de pessoas, o que reduziu consideravelmente o tempo de espera e filas na instituição. “Mais agilidade nos serviços e benefício para os paranaenses”, disse Richa. 

PRESENÇAS - Participaram do evento o secretário chefe da Casa Militar do Paraná, coronel Adilson Castilho Casitas; a chefe do Estado Maior da Polícia Militar, coronel Audilene Rosa de Paula Dias Rocha, e o superintendente da Polícia Rodoviária Federal, Adriano Furtado.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br

Prazo para inscrição para os Jogos Abertos da Terceira Idade termina nesta sexta-feira


Termina na próxima sexta-feira, 24, o prazo final para os municípios se inscreverem nos Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti). O representante de cada município de Santa Catarina deve fazer a inscrição no site da Fesporte, no ícone, "cadastro de atletas". Neste ano os municípios só devem inscrever na competição as modalidades que forem participar. Não existe possibilidade de desistência da competição inscrita.



A etapa estadual dos Jasti será realizada em Blumenau, de 16 a 20 de maio.
Texto: Fabiano Linhares
Assessoria de Comunicação - FesporteFabiano Linhares (98436-0214)
Antônio Prado
Heron Queiroz
Mariana Hendler
Zenilda Stein
Tels: (48) 3665 6126, 36656127, 36656128
Cel: (48) 988027742
www.fesporte.sc.gov.br
https://www.facebook.com/fesporte

Câmara realizou 6ª Reunião Ordinária da 1ª Sessão Legislativa da 8ª Legislatura

No último dia 20 de Março de 2017, Os vereadores Jonecir Soares (presidente), José Antônio Stoklosa, Joarez Antonio Santin, José Maria Caldeira, Ezequiel de Andrade, Geraldo Rene Behlau Weber, Janayna Gomes Silvino, Jeferson Rubens Garcia, Thomaz William Palma Sohn, se reuniram no plenário da Câmara para a realização da 6ª Reunião Ordinária do 1º ano legislativo da 8º legislatura.
  Na ocasião deu entrada na Casa o Projeto de Lei n°09/2017 - autoriza o Poder Executivo Municipal abrir créditos adicionais especiais por anulação, e Projeto de Lei no 10/2017 - autoriza o Poder Executivo a firmar convênio e doar uma área ao Governo do Estado de Santa Catarina.
  Na ordem do dia, foi aprovado por unanimidade o projeto de Projeto de Lei no 05/2017 – altera a nomenclatura da ação 2086, do programa 10- Saneamento Básico, da Lei Municipal no 458/2013.
REQUERIMENTOS:
Requerimento no 14/2017 – requer que o Poder Legislativo conceda Medalha de Honra ao Mérito ao Soldado Raphael Carneiro, da Polícia Militar de Itapoá/SC. De autoria do Vereador José Antônio Stoklosa. (Aprovado por unanimidade)
Requerimento no 15/2017 – requer que o Poder Executivo, através do setor competente, informe a este Vereador quais as indicações de minha autoria que foram atendidas e quais não foram, bem como os motivos das indicações que não foram atendidas. De autoria do Vereador Thomaz Willian Palma Sohn. 
INDICAÇÃO:
Indicação no 54/2017 - indica ao Senhor Prefeito Municipal que, através do setor competente, providencie a confecção e o encaminhamento, ao Poder Legislativo, de um projeto de lei visando a regularização do transporte alternativo de vans, as quais fazem o transporte escolar privado em nosso Município, bem como as que fazem transporte privado em geral. De autoria das Bancadas PSD, PSDB e PR.
Indicação no 55/2017 - indica ao Senhor Prefeito Municipal que, através do setor competente, providencie a limpeza das valas, bem como o ensaibramento, da Rua 1270, no Balneário Verdes Mares. De autoria do Vereador Joarez Antonio Santin.
Indicação no 56/2017 - indica ao Senhor Prefeito Municipal que, através do setor competente, providencie a realização de um estudo para comprovar a necessidade de instalação de uma agência do Banco Itaú no município de Itapoá. De autoria das Bancadas PSDB, PSD e PR.
Indicação no 57/2017 - indica ao Senhor Prefeito Municipal que, através do setor competente, providencie a realização de revisão na iluminação pública na localidade do Saí Mirim, neste Município. De autoria das Bancadas PSDB, PSD e PR.
Indicação no 58/2017 - indica ao Senhor Prefeito Municipal que, através do setor competente, providencie o patrolamento e a colocação de cascalho ou pedra brita na Rua Jardim Rosado, esquina com a Avenida das Margaridas, no Bairro São José, neste Município. De autoria das Bancadas PSDB, PSD e PR.
Indicação no 59/2017 - indica ao Senhor Prefeito Municipal que, através do setor competente, providencie a instalação de luminárias na Rua 1.000, do número 900 ao 2.777, onde estão faltando 11 luminárias. De autoria do Vereador Joarez Antonio Santin.
Indicação no 60/2017 - indica ao Senhor Prefeito Municipal que, através do setor competente, providencie a instalação de “braço de luminária” e lâmpadas nos poste que se encontram na Rua Araçá (2.020), sentido ao rio, no Balneário Praia das Palmeiras. De autoria do Vereador Thomaz Willian Palma Sohn.
Indicação no 61/2017 - indica ao Senhor Prefeito Municipal que, através do setor competente, providencie o ensaibramento da Rua Ajarissé (2.370), no Balneário Rosa dos Ventos. De autoria do Vereador Thomaz Willian Palma Sohn.
Indicação no 62/2017 - indica ao Senhor Prefeito Municipal que, através do setor competente, providencie o ensaibramento da Rua Ademar Pereira, entre a Rua 360 e 370, no Bairro Barra do Saí, Itapoá/SC. De autoria das Bancadas PR e PSDB e Vereador José Antonio Stoklosa.
Indicação no 63/2017 - indica ao Senhor Prefeito Municipal que, através do setor competente, providencie a manutenção na cabeceira do pontilhão sobre o Rio Mendanha, localizada em frente à Terceira Pedra, no Bairro Itapema do Norte. De autoria do Vereador Jeferson Rubens Garcia.
Indicação no 64/2017 - indica ao Senhor Prefeito Municipal que, através do setor competente, providencie a manutenção da Rua 2650, no Bairro Pontal do Norte. De autoria das Bancadas PR e PSDB e Vereador José Antonio Stoklosa.
Indicação no 65/2017 - indica ao Senhor Prefeito Municipal que, através do setor competente, providencie o patrolamento, alargamento e todas as manutenções necessárias para o bom e seguro tráfego de veículos e pedestres, das ruas do Bairro Braço do Norte, bem como solicite ao órgão ou setor competente a confecção de um projeto para a entrada do citado bairro, na SC-416. De autoria do Vereador José Antonio Stoklosa e das Bancadas PR e PSDB.