sábado, 23 de setembro de 2017

Cinco motivos para acreditar no acesso do Paraná para a Série A


Torcida ‘abraçou’ o Paraná rumo ao acesso. (Geraldo Bubniak/AGB/Estadão Conteúdo)
O bom momento vivido pelo Paraná na Série B gera muitas expectativas sobre o retorno para a elite do Campeonato Brasileiro após 10 anos. De acordo com o site Infobola, o Tricolor tem 65% de chances de conquistar o acesso nesta temporada. A Banda B listou cinco motivos para que o torcedor paranista mantenha a boa expectativa de terminar a segunda divisão entre os quatro primeiros colocados.
Aproveitamento em casa 
A campanha na Vila Capanema é de time campeão da Série B com um dos melhores aproveitamentos da história. Em 12 jogos, são nove vitórias, dois empates e somente uma derrota. Além disso, o apoio da torcida vem sendo fundamental nos jogos complicados e o público em casa está aumentando cada vez mais. A expectativa para o jogo contra o Náutico é de mais de 12 mil pessoas.
O Tricolor ainda tem mais sete jogos como mandante e se conquistar os 21 pontos, praticamente garante o acesso para a Série A. Os adversários são Náutico, Internacional, Criciúma, Vila Nova, Oeste, Luverdense e Boa Esporte.
União do elenco
Matheus Costa tem a confiança do grupo paranista. (Felipe Dalke/Banda B)
O elenco paranista está muito unido com o objetivo de conquistar o acesso. Logo após os jogos, os jogadores ficam juntos para comemorar os resultados positivos e estão fechados também com o técnico interino Matheus Costa que assumiu o comando após a saída de Lisca. Todos pediram para que o comandante ficasse até o final da Série B e as vitórias estão aparecendo.
Criatividade dos jogadores durante as partidas
O time paranista não é dependente de apenas uma jogada para chegar aos gols e já balançou as redes de falta, pênalti, bola parada, contra-ataque e chutes de fora e dentro da área. Além disso, apostou em jogadores jovens ou até pouco conhecidos como Leandro Vilela, João Pedro, Renatinho e Alemão que são os grandes destaques na temporada.
Profissionalismo no futebol 
Rodrigo Pastana é o responsável por gerenciar o futebol do Paraná. (Felipe Dalke/Banda B)
Ao contrário dos últimos anos, o Tricolor profissionalizou a gestão no futebol que é liderada pelo diretor executivo, Rodrigo Pastana. Independente de quem está no comando técnico, a filosofia de trabalho é parecida e muitos méritos são da comissão técnica permanente.
Salários em dia
O Paraná tem uma campanha parecida com a de 2013, quando também chegou a 25ª rodada na terceira colocação e ainda tinha dois pontos a mais em relação a 2017. Porém, a grande diferença é que neste ano todos os salários estão em dia e o grupo paranista não precisa se preocupar com situações extracampo.

Richa recebe grupo chinês que adquiriu terminal de contêineres


O governador Beto Richa recebeu nesta sexta-feira (22), no Palácio Iguaçu, o vice-presidente da China Merchants Ports, Vicenti Lu, e a diretora de desenvolvimento, Natalie Wan. O grupo chinês é o maior operador de portos do mundo, com presença em 16 países, e comprou 90% do Terminal de Contêineres de Paranaguá (TCP) por R$ 2,9 bilhões.
“O investimento desse grupo é um dos resultados do avanço e do aumento da capacidade operacional do Porto de Paranaguá, fruto de fortes investimentos públicos e privados realizados de 2011 para cá”, afirmou o governador. Em sete anos, o Estado investiu R$ 900 milhões em melhorias na estrutura do porto e a iniciativa privada mais de R$ 1,2 bilhão.
“O planejamento que temos feito ao longo dos últimos sete anos vão garantir a permanência do porto como referência nacional em eficiência, planejamento e resultados”, afirmou Richa. “Estamos dispostos a trabalhar juntos para aumentar a eficiência do Porto de Paranaguá, que já é um dos melhores do Brasil”, completou Vicenti Lu.
O governador destacou ações realizadas com recursos públicos, entre elas as três operações de dragagem, para aumentar a capacidade de movimentação e atracação de grandes navios, compra de novos equipamentos para carregamento, reforma e ampliação do cais. “O grupo chinês tem muita experiência, o que certamente contribuirá para atração de mais investimentos para o Porto de Paranaguá”, disse Richa.
Participaram do encontro o secretário de Estado da Infraestrutura e Logística, José Richa Filho, e o diretor-presidente da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA), Luiz Henrique Dividino, além de dois executivos do terminal portuário, Luiz Antonio Rodrigues Alves e Juarez Moraes e Silva.
O contrato de venda do TCP, que já era gerido por capital privado, foi celebrado no dia 4 de setembro, em Xiamen, na China. Os três sócios brasileiros permanecerão na operação, com 10% de participação (Grupo Soifer, Tucumann e Pattac). O grupo chinês prevê de movimentar, somente neste ano, 100 milhões de contêineres - o Brasil opera em média 9 milhões de contêineres anualmente.
AMÉRICA LATINA - O vice-presidente da China Merchants Ports, Vicent Lu, explicou que o TCP é o primeiro investimento do grupo na América Latina e segue o propósito de tornar a empresa líder global nos segmentos onde atua, gerando oportunidades de negócios no mundo todo.
O executivo informou, também, que o grupo tem intenção de expandir a atuação no Paraná para suas demais áreas de negócio: transporte, finanças e imóveis. “O princípio do grupo é investir nos portos, nos parques indústrias e nas cidades onde está operando”, afirmou.
IMPACTO - O secretário José Richa Filho comentou que o grupo pretende fazer do Porto de Paranaguá porta de entrada no Brasil e na América Latina. “O impacto da entrada desse importante grupo chinês no Paraná é muito grande. Vislumbro boas oportunidades de investimento para o Estado”, afirmou.
“A relação institucional da Appa com o TCP não terá mudanças, mas o grupo está presente no mundo inteiro e coloca Paranaguá no grupo focal dos maiores conglomerados do mundo”, disse o diretor-presidente da Appa, Luiz Henrique Dividino.
GRUPO – O grupo China Merchants Ports, fundado em 1872, é o primeiro conglomerado comercial da China. Está entre as quatro grandes empresas estatais de Hong Kong, com um patrimônio de US$ 1 trilhão. A receita total do Grupo em 2016 foi de US$ 73 bilhões e o lucro de US$ 16 bilhões.
O grupo China Merchants é líder em transporte marítimo, em serviços portuários, indústria naval, serviços financeiros, desenvolvimento financeiro de zonas urbanas, concessão de rodovias e serviços logísticos.

Com a Palavra: Colombo destaca conquista de SC em ranking de competitividade entre os estados


Foto: Jaqueline Noceti / Secom

A conquista de Santa Catarina como o segundo estado mais competitivo do país foi o principal assunto do programa Com a Palavra, o Governador desta sexta-feira, 22. Raimundo Colombo destacou o avanço do Estado, que, de 2011 para 2017, saltou da sétima para a segunda posição, atrás apenas de São Paulo. O ranking, que mede a competitividade entre os estados brasileiros e analisa 66 indicadores de abrangência nacional, é um levantamento coordenado pelo Centro de Liderança Pública (CLP). 
“Nós estamos passando pela maior crise da história do país e muitas decisões difíceis precisaram ser tomadas, esse reconhecimento nos mostra que estamos no caminho certo. Mas o vitorioso não é o Governo é toda a sociedade catarinense, cada um que contribuiu com esse processo que foi de evolução desde 2011. Temos que comemorar”, disse o governador.
O outro assunto foi o Fundam 2. Colombo informou que todas as etapas foram vencidas e a assinatura dos convênios com os municípios começa nas próximas semanas. O governador salientou, que, a exemplo da primeira edição, o programa vai distribuir recursos para as 295 prefeituras catarinenses, priorizando especialmente os pequenos municípios.
“Isso vai gerar emprego, vai fazer um movimento anticrise, porque você injeta na economia recursos, obras, serviços, melhora a infraestrutura, reduz o custo, num momento em que quase ninguém está investindo. O Governo tem que pensar na sociedade como um todo, se a prefeitura vai bem, está realizando obras é melhor pra gente também, dentro da filosofia que é preservar o modelo catarinense”, concluiu Colombo.

A entrevista completa pode ser conferida pelo canal do governo noVimeo ou no canal do Youtube. O Com a Palavra, o Governador também está disponível na Rádio Secom para download.
Informações adicionais para a imprensa
Francieli Dalpiaz 
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: francieli@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3018 / 98843-5676
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

FORMAÇÃO Universidade Tuiuti dá suporte nas áreas de Psicologia e Nutrição


Palestra para integrantes da comissão técnica.


O Paraná Clube vem buscando aprimorar, cada vez mais, o nível de suas categorias de base. Desde o início desta temporada, conta com um convênio com a Universidade Tuiuti do Paraná nas áreas de Psicologia e Nutrição. Acadêmicos do último ano dos cursos vêm realizando um acompanhamento de todos os atletas da base, do Sub-11 ao Sub-19.

“Através dos relatórios apresentados, temos uma base de dados interessante para melhorar o desempenho de cada atleta”, comentou Mathias Lamers, coordenador das categorias de base do Paraná Clube. Nesta semana, as coordenadoras dos cursos ministraram palestra para os integrantes das comissões técnicas do Tricolor, apresentando um relatório de tudo o que foi feito até aqui.

“É neste período que se forma a personalidade de cada jogador. São meninos, mas eles já se cobram por performance. Esse tipo de acompanhamento especializado é importante para o resultado final de todo o processo de formação integral do atleta”, concluiu Mathias Lamers.

Departamento de Comunicação - PRC



Paraná gerou 25 mil empregos de janeiro a agosto


O Paraná gerou 25.270 empregos com carteira assinada de janeiro a agosto desse ano, mostram dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta quinta-feira (21) pelo Ministério do Trabalho. Em agosto, a diferença entre admissões e demissões ficou positiva em 1.180 postos de trabalho. Foi o maior saldo desde agosto de 2014, quando o resultado havia sido de 5.532 empregos.
A indústria de transformação e os serviços foram os setores que mais geraram emprego no acumulado do ano no Paraná, com saldos de 13.359 empregos e 13.291 vagas respectivamente. Outros destaques foram a agropecuária (2.634) e serviços de utilidade pública (99). Tiveram saldos negativos nos primeiros oito meses os setores do comércio (2.628), construção civil (1.287) e extrativa mineral (70).
Entre os setores da indústria, os que mais geraram emprego de janeiro a agosto foram alimentos, bebidas e álcool etílico (5.589), têxtil do vestuário e artefatos de tecidos (3.507) e material de transporte (1.493).
No setor de serviços, destaques para o comércio e administração de imóveis, valores mobiliários e serviço técnico (3.668), ensino (3.651) e alojamento, alimentação, reparação, manutenção e redação (3.622).
CIDADES - Entre os municípios com mais de 30 mil habitantes, Maringá foi a campeã de criação de vagas de janeiro a agosto, com saldo de 1.722 empregos. Em segundo lugar ficou Cascavel, com 1.521 e São José dos Pinhais (1.242).
No mês de agosto, a indústria de transformação no Paraná teve saldo positivo de 2.123 vagas, comércio (709), serviços (432). Foi o segundo mês consecutivo de saldo positivo do setor do comércio. Registraram saldos negativos a construção civil (1.592), extrativa mineral (4), serviços industriais de utilidade pública (26), administração pública (328) e agropecuária (138).

Santa Catarina é o segundo estado no ranking da geração de emprego em agosto


Foto de arquivo: Jaqueline Noceti / Secom

Com um saldo de 6,1 mil vagas criadas com carteira assinada, Santa Catarina ficou em segundo lugar no ranking da geração de emprego em agosto, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, divulgados na tarde desta quinta-feira, 21.
“São números que mostram a retomada da economia. Santa Catarina foi o último Estado a entrar na crise e está sendo o primeiro a sair. São mais de 6 mil catarinenses que passaram a ter carteira assinada, conquistando a independência pelo trabalho. Está valendo a pena lutar”, comemorou o governador Raimundo Colombo.
O saldo catarinense ficou atrás apenas do resultado de São Paulo, que registrou 17,3 mil novas vagas. Em todo o país, o saldo foi de 35,5 mil postos de trabalho gerados com carteira assinada. Os números não consideram ajustes sazonais.
O saldo líquido catarinense de 6.130 vagas em agosto é resultado do registro de 80.420 admitidos contra 74.290 desligamentos. Entre os resultados por setores, destacaram-se a indústria de transformação (2.718 vagas), serviços (1.525), comércio (1.062) e construção civil (845). Entre os municípios, os melhores desempenhos do mês foram de Joinville (1.483), Blumenau (531) e Chapecó (466).
Os resultados de agosto demonstram também uma significativa melhora em relação aos anos anteriores. Em agosto de 2016 a geração foi de 3.014 vagas, menos da metade do resultado de agora, e em agosto de 2015 o desempenhou foi negativo, com saldo de -6.925 vagas.
No acumulado deste ano, considerando o resultado de agosto, o saldo catarinense foi de 27.441 vagas nos oito meses, também confirmando uma evolução expressiva em relação ao ano anterior. Nos primeiros oito meses de 2016, o saldo era de -10.481.
Considerando os últimos 12 meses (entre setembro de 2016 a agosto de 2017), o resultado catarinense continua positivo, com um saldo de 4,9 mil postos com carteira assinada.

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

SIRI GIGANTE NA BARRA DO SAY CRIAÇÃO DE INDIO ESCULTOR

 Antes foi o caranguejo gigante do Juliano corretor de Imoveis agora o siri gigante do restaurante oceano do Julio Oliva, e vem ai a tartaruga gigante da Loja a Paulistinha prédio da foto abaixo na Barra do Sai ultima foto abaixo mostra a armação de ferro para escultura da tartaruga gigante, todas as obras de arte de iniciativa particular.

Obs, para  quem interessar contratar  os préstimos do indio Escultar tratar com Guilherme Oliva pelos fones 47- 3443-3196 ou celular 47-99938-4368, e ainda direto na Imobiliária Juliano Oliva.



Prefeitura convida para audiência pública do 2º Quadrimestre de 2017

A Prefeitura de Itapoá, em atendimento a Lei de Responsabilidade Fiscal nº101/2000, convida todos os munícipes a participarem da audiência pública do 2º. Quadrimestre de 2017, referente ao Relatório de Gestão Fiscal:

Data: 28 de setembro de 2017
Local: Sede da Câmara de Vereadores
        Rua Mariana Michels, 1115 – Itapoá – SC.
Horário: 11h

Participe!

Santa Catarina sobe no ranking e é o segundo estado mais competitivo do país


Fotos: Julio Cavalheiro/Secom
Com indicadores sociais e econômicos que são referência nacional, Santa Catarina é o segundo estado mais competitivo no país, aponta o Ranking de Competitividade dos Estados 2017, divulgado nesta quarta-feira, 20, em São Paulo, em evento com a presença do governador Raimundo Colombo. Santa Catarina venceu ainda o Prêmio Excelência em Competitividade na categoria Destaque Internacional, diante da forte presença do estado no mercado externo.
As duas premiações são realizadas pelo Centro de Liderança Pública (CLP). No ranking geral, o estado tem melhorado a sua posição ano a ano. Em 2011, Santa Catarina ocupou o sétimo lugar; em 2012 e em 2013, ficou em sexto; em 2014, alcançou a quinta posição; e em 2015 e 2016, ficou em terceiro. Neste ano, Santa Catarina subiu uma posição e ultrapassou o Paraná, garantido o segundo lugar geral, atrás apenas de São Paulo.
Merece destaque a evolução na pontuação catarinense, passando dos 74,3 em 2016 para 77,2 em 2017, enquanto a média nacional caiu de 50,2 para 47,9. São Paulo segue no topo com 87,8 e o Paraná ficou em terceiro com 71,1. Apenas nove estados apresentaram melhoras em seus resultados nesta edição. Os resultados completos estão disponíveis no site www.rankingdecompetitividade.org.br.
O governador Raimundo Colombo comemorou o bom desempenho obtido por Santa Catarina, destacando a superação catarinense ao longo dos anos, em especial nos últimos anos diante do cenário de crise econômica nacional. “Estamos muito felizes com o resultado. Esse efeito comparativo é muito bom para melhorarmos cada vez mais nosso desempenho. Chegar ao segundo lugar mostra o desenvolvimento do nosso trabalho ao longo dos anos. Estamos comemorando muito. Diante de uma crise tão grande, com tantas dificuldades, esse resultado é uma forma de reconhecer o trabalho e a superação de todos os catarinenses no desenvolvimento do nosso estado”, destacou.
Entre os diferentes pilares do estudo, Santa Catarina ficou em primeiro lugar em segurança pública e em sustentabilidade social. Destacou-se ainda com o terceiro lugar em indicadores como infraestrutura, educação, capital humano e inovação. E no pilar potencial de mercado, pulou da 19ª posição para o 10º lugar entre todos os estados. “O crescimento não se dá por um único vetor, mas sim pela soma de múltiplas ações simultâneas. E é isso que está acontecendo em Santa Catarina. O desafio agora é manter o que conquistamos e melhorar cada vez mais”, acrescentou Colombo.

Destaque Internacional
Outra atração do evento é o Prêmio Excelência em Competitividade, que a cada ano contempla diferentes categorias. Neste ano, Santa Catarina venceu Destaque Internacional, batendo o outro finalista, que era o estado de São Paulo. "Temos uma atuação muito forte no cenário externo e vivemos um período de alta nas exportações. Esse é um reconhecimento que fortalece essa posição", avaliou Colombo. Nas demais categorias do prêmio, a Paraíba venceu como Destaque Crescimento e os estados de Pernambuco, Rio Grande do Sul e Rondônia foram contemplados como Destaque Boas Práticas, por boas iniciativas de gestão. A apresentação dos resultados deste ano ocorreu em cerimônia na sede da B3 (BM&Bovespa e Cetip), em São Paulo. O secretário de Estado da Comunicação de Santa Catarina, João Debiasi, também acompanhou o evento.
O ranking
O Ranking de Competitividade dos Estados é um levantamento feito pelo CLP em parceria com a Tendências Consultoria e a Economist Intelligence Unit. A ferramenta analisa a capacidade competitiva dos 26 estados brasileiros e do Distrito Federal. São analisados 66 indicadores de abrangência nacional separados em dez pilares que servem para balizar os gestores públicos de cada estado para alcançarem a excelência na gestão. Itens como infraestrutura, educação, inovação, potencial de mercado, segurança pública, solidez fiscal, sustentabilidade social e sustentabilidade ambiental compõem o quadro.
Além do ranking de competitividade, o Prêmio Excelência em Competitividade foi criado como forma de reconhecer também os estados com políticas públicas de destaque. O objetivo do prêmio é valorizar exemplos e boas práticas que devem ser replicadas e incentivar uma competição saudável entre os estados brasileiros.

Portos abrem concurso para agentes e técnicos portuários


A Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) lançou um novo edital de concurso público. O objetivo é contratar 28 profissionais dos níveis médio e técnico para atuar junto aos portos do Paraná.
As vagas estão distribuídas em quatro funções e as remunerações variam de R$ 1.280,25 a R$ 2.193,13. Os aprovados e contratados receberão também plano de assistência à saúde e auxílio-alimentação, além de todos os benefícios da categoria.
De acordo com o diretor-presidente da Appa, Luiz Henrique Dividino, a medida faz parte do processo de modernização do órgão. “Desde 2014, a Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina foi transformada em empresa pública e isso gerou novas necessidades, como a reestruturação do quadro funcional” explicou.
Ele lembrou que no ano passado já foi realizado o concurso que admitiu 28 profissionais para cargos de nível superior.
Os candidatos dedem ter ensino médio completo. Estão previstas vagas para as funções de assistente administrativo, agentes administrativos de segurança, técnico portuário e técnico de segurança do trabalho.
INSCRIÇÕES - As inscrições podem ser feitas 15 de setembro e 15 de outubro, via internet, no endereço eletrônico www.fundacaofafipa.org.br/concurso, e a taxa de inscrição é de R$ 50,00 para nível médio e R$ 70,00 para técnico. No edital, há vagas reservadas a pessoas com deficiência e também para afrodescendentes. Neste endereço eletrônico os interessados podem ser obtidas todas as informações relacionadas aos procedimentos do concurso e esclarecer dúvidas.
A SELEÇÃO - A prova objetiva para todos os cargos será aplicada nas cidades de Paranaguá e Curitiba, na data provável de 19 de novembro de 2017. Para a função de agentes administrativos de segurança haverá também uma segunda etapa para avaliar a aptidão física dos candidatos.

PRF leiloa mais de mil veículos retidos nos pátios de Foz do Iguaçu, Cascavel e Guaíra


Cerca de 7 mil veículos estão retidos atualmente nos pátios da PRF no Paraná (Foto: PRF/Divulgação)


Polícia Rodoviária Federal (PRF) vai leiloar 1.070 veículos retidos nos pátios do órgão nas regiões de Foz do Iguaçu, Cascavel e Guaíra, no oeste do Paraná. Do total, 438 têm condições de rodar. E, entre as sucatas, mais de 300 são de origem estrangeira. Os lances eletrônicos e presenciais poderão ser ofertados no dia 28.
O leilão terá início às 9h, no Centro de Convenções de Foz do Iguaçu, que fica na Rodovia das Cataratas, BR 469, km 13.
Nos lotes estão automóveis, motos e caminhões. Os lances mínimos dos veículos conservados variam de R$ 50 a R$ 1,5 mil.
Mais informações podem ser obtidas no site do leiloeiro responsável. No mesmo endereço é possível fazer o cadastro para a participação online.
Este será o segundo dos quatro leilões marcados para 2017. O terceiro será realizado em Londrina, no dia 19 de outubro. Ainda não há data definida para o quarto leilão.

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Santa Catarina está em sete semifinais dos Jogos Escolares da Juventude


Foto: Antonio Prado/Fesporte
A terça-feira, 19, foi de festa para os catarinenses nas quadras de Curitiba, onde estão sendo realizados os Jogos Escolares da Juventude (JEJ) 12 a 14 anos. Das oito modalidades esportivas, apenas o handebol feminino não conseguiu classificação. Se a segunda-feira foi de tensão e superação para Santa Catarina, a terça foi de festa para os catarinenses. Na parte da manhã, as meninas entraram em quadra e, à tarde, foi a vez dos rapazes.
Seis escolas catarinenses foram ao jogo com a classificação para a semifinal garantida. Apenas o handebol feminino dependia de uma vitória para a classificação. E ela veio. O restante brigava pelo primeiro lugar na chave a partir de uma vitória.
A primeira vitória do dia veio com o voleibol feminino da Escola Estadua Rodrigues Alves, de Saudades: 2x0 diante das mineiras com parciais de 25x12 e 25/15, o que garantiu o primeiro lugar na chave.
Depois, as meninas do handebol do Colégio São Bento, de Criciúma, foram para o jogo contra as estudantes do Espírito Santo e perderam por 21 a 7. Com a terceira derrota em três jogos, Santa Catarina foi rebaixada para a segunda divisão da modalidade para 2018.
Posteriormente o futsal feminino do Colégio Rogacionista, de Criciúma, fez um jogo bastante equilibrado contra as estudantes do Paraná. As paranaenses abriram o placar, mas depois as catarinenses impuseram uma forte marcação e conseguiram virar para 3 a 2. Mas faltando cinco segundos para o fim do jogo, o time da casa empatou em 3 a 3. Na decisão por pênaltis, as criciumenses perderam por 4 a 3, se classificando em segunda lugar.
Já as meninas do basquete do Colégio Sagrada Família, de Blumenau, lideradas por Luana, que anotou 15 pontos, tiveram uma vitória épica diante do Colégio Agnes, de Pernambuco. Faltavam dois minutos para o fim da partida e as catarinenses perdiam por 27 a 23. A derrota representava a desclassificação do torneio, já que o time tinha apenas uma vitória.
 De repente as meninas tiraram uma força interior até então desconhecida na competição e foram para cima das pernambucanas. Resultado: empataram em 29 a 29 no último segundo do jogo.
Na prorrogação, já com adrenalina mais equilibrada, as blumenauenses apresentaram um maior volume de jogo e venceram a partida em 38 a 33, se classificando para a semifinal em segundo lugar no grupo.
Mais emoção na parte da tarde
Na parte da tarde, as emoções começaram com o futsal masculino do Colégio Recriarte, de Camboriú, que obteve uma fácil vitória sobre o Colégio Máster, do Rio Grande do Norte: 5 a 2, com destaque para Daniel, autor de dois gols.
A vitória trouxe energias positivas para o handebol masculino do Colégio Aplicação Uniarp, de Caçador, que também venceu. As vítimas da vez foram os paranaenses: 28 a 23, com grande atuação de Otávio Colussi, que marcou 11 gols.
Depois, foi a vez dos meninos do vôlei da Escola Erwin Prade, de Timbó, entrarem em quadra e construir uma tranquila vitória diante dos pernambucanos: 2 a 0, com parciais de 25/14 e 25/13.
Em seguida, o basquete masculino do Instituto Jangada, de Jaraguá do Sul, foi para o jogo contra os alagoanos disposto a mostrar serviço e sacramentar a posição de número um do grupo. Em tarde inspirada, Guilherme Silva fez 19 pontos e ajudou os catarinenses a vencer a partida em 50 a 31.
Os JEJ são uma promoção do Comitê Olímpico do Brasil (COB) e têm a participação de mais de quatro mil atletas. A delegação catarinense é gerenciada pelo Governo Estadual por meio da Fesporte e é composta ao todo por 162 jovens competidores de 77 escolas de 37 municípios.
Até às 21h15, o COB não havia divulgado os confrontos das semifinais desta quarta-feira, 20. Mas pelos resultados dos grupos até o momento, estão definidos os seguintes confrontos das equipes catarinenses:
Futsal masculino Colégio Recriarte/Camboriú x EE Pedro Lessa/MG
Voleibol masculinoEscola Erwin Prade/ Timbó x Escola Luis Loeses/RG
Voleibol femininoEEB Rodrigues Alves/Saudades x Cel/RJ 
Basquete femininoColégio Sagrada Família/Blumenau x Santa Mônica Cent. Ed. Madureira/RJ
Informações adicionais para a imprensa
Antônio Prado
Assessoria de Imprensa 
Fundação Catarinense de Esporte - Fesporte
Fone: (48) 3665-6126/ 99696-3045
E-mail: prado@fesporte.sc.gov.brSite: www.fesporte.sc.gov.br

Câmara realizou 35ª Reunião Ordinária da 1ª Sessão Legislativa da 8ª Legislatura

 Em 18 de setembro de 2017, reuniram-se os membros do Poder Legislativo Municipal na Sede da Câmara Municipal de Itapoá, com a presença dos Vereadores Jonecir Soares (presidente), José Antônio Stoklosa, Joarez Antonio Santin, José Maria Caldeira, Ezequiel de Andrade, Geraldo Rene Behlau Weber, Janayna Gomes Silvino, Thomaz William Palma Sohn e Jeferson Rubens Garcia, para a realização da 18ª Reunião Ordinária do 1º ano legislativo da 8º legislatura. Justificou-se a falta do Vereador Thomaz William Palma Sohn.

Moção
Moção de Aplausos n° 12/2017 - A Câmara Municipal de Itapoá, Estado de Santa Catarina, por unanimidade, apresenta, nos termos regimentais, a presente Moção de Aplausos ao Senhor Antonio Edival Pereira, 3º Sargento do Corpo de Bombeiros Militar e Coordenador Regional de Proteção e Defesa Civil da Região Norte e Nordeste de Santa Catarina.
A Defesa Civil muitas vezes só é lembrada nos momentos de desastres, mas sua importância vai além das calamidades, uma vez que agem também preventivamente, de diversas maneiras: coordenação do mapeamento de risco, palestras, conscientização, plano de contingência, treinamento da população, etc. Por estas e demais ações desenvolvidas, enaltecemos a importância da Coordenadoria Regional de Proteção e Defesa Civil da Região Norte e Nordeste de Santa Catarina e a eficaz atuação do 3º Sargento do Corpo de Bombeiros Militar e Coordenador Regional de Proteção e Defesa Civil da Região Norte e Nordeste de Santa Catarina, Antonio Edival Pereira. Assim, diante da proposição, esta Casa de Leis – Poder Legislativo, em nome do povo itapoaense, aprova a presente Moção de Aplausos nº 12/2017. É a Moção.

Moção de Aplausos n° 13/2017 - A Câmara Municipal de Itapoá, Estado de Santa Catarina, por unanimidade, apresenta, nos termos regimentais, a presente Moção de Aplausos ao surfista Washington Oliveira Santos e os lutadores Edson Pastor e André Mandt.
Assim, diante desta proposição, esta Casa de Leis – Poder Legislativo, em nome do povo itapoaense, presta a justa homenagem ao surfista Washington Oliveira Santos e aos lutadores Edson Pastor e André Mandt, aprovando a presente Moção de Aplausos nº 13/2017. É a Moção.




http://www.camaraitapoa.sc.gov.br/noticias/450-camara-realizou-35-reuniao-ordinaria-da-1-sessao-legislativa-da-8-legislatura.html

SHOW TRICOLOR: Paraná Clube atropela Guarani e assume o 3º lugar da Série B



Perfeito. Mortal. O Paraná Clube fez o seu melhor jogo fora de casa e, com autoridade – e ao natural – fez 4x0 no Guarani-SP, nesta terça-feira (19), em Campinas. O Tricolor sobe para a 3ª colocação e consolida a sua posição no G4 do Campeonato Brasileiro da Série B. Na próxima rodada, dia 26, o time do técnico Matheus Costa vai encarar o Náutico-PE, às 20h30, na Vila Capanema.
Disposto a defender com todas as forças a sua posição no G4, o Paraná iniciou a partida coeso no seu campo defensivo e armado para o contragolpe. Logo aos 7 minutos, chegou ao gol. Num chutão de Maidana, o Tricolor contou com o vacilo da zaga do Guarani e foi pra rede. Renatinho tocou para Alemão, que bateu cruzado. A bola desviou em Betinho e sobrou para João Pedro, que não perdoou: 1x0.
O cenário ficou ainda melhor, cinco minutos depois. Num contra-ataque mortal, Alemão fez um lançamento sensacional para João Pedro, que foi derrubado por Richarlyson. Pênalti. Renatinho, com a categoria de sempre, não deu chance para o goleiro Vágner. Bola no canto direito: 2x0, aos 13 minutos. No desespero, o Guarani arriscou tudo com a entrada de Eliandro. O atacante exigiu uma grande defesa, com o pé direito, de Richard.
Aos 39 minutos, o Paraná ampliou o placar. Na cobrança de escanteio, Renatinho recebeu de João Pedro, tirou dois marcadores da jogada e cruzou para o cabeceio preciso de Maidana: 3x0. O placar quase foi ampliado aos 46, quando Vitor Feijão bateu cruzado para a defesa de Vágner.
No segundo tempo, o Tricolor “matou” o jogo logo aos 7 minutos. João Pedro fez o lançamento para Cristovam, que ganhou na velocidade de Richarlyson e bateu cruzado. A bola desviou em Rigo e foi para a rede: 4x0. Robson, que entrou na vaga de Vitor Feijão, quase marcou o quinto, mas Vágner fez a defesa. Com o jogo decidido, o Paraná administrou o placar. O Guarani até arriscou em chutes de longe, mas parou nas mãos de Richard. Fim de jogo, goleada e a 3ª posição assegurada.

Guarani 0x4 Paraná Clube
Guarani: Vágner; Lenon, Éwerton Páscoa, Léo Rigo e Richarlyson (Salomão); Evandro, Betinho (Eliandro), Fumagalli e Gabriel Leite; Rafael Silva (Denner) e Bruno Nazário. Técnico: Marcelo Cabo.
Paraná: Richard; Cristovam, Maidana, Eduardo Brock e Igor; Leandro Vilela (Luiz Otávio), Vinícius Kiss, João Pedro e Renatinho (Zezinho); Vitor Feijão (Robson) e Alemão. Técnico: Matheus Costa.
Local: Brinco de Ouro (Campinas-SP)
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)
Assistentes: Luiz Cláudio Regazone (RJ) e Eduardo de Souza Couto (RJ)
Renda: R$ 37.682,00
Público pagante: 2.800
Gols: João Pedro aos 7’, Renatinho (pênalti) aos 13’ e Maidana aos 39’ do 1º tempo. Cristovam aos 7’ do 2º tempo
Cartões amarelos: Léo Rigo, Richarlyson, Rafael Silva e Bruno Nazário (Guarani)

Departamento de Comunicação - PRC




terça-feira, 19 de setembro de 2017

Alerta sobre prevenção de acidentes com animais peçonhentos

A Secretaria de Estado da Saúde orienta a população sobre cuidados para evitar acidentes com animais peçonhentos e, em caso de picadas de aranhas, escorpiões e serpentes, por exemplo, para a necessidade de procurar assistência rapidamente. O Governo do Estado mantém em Curitiba o Centro de Controle de Envenenamentos do Paraná (CCE) para orientar a população e profissionais de saúde sobre os encaminhamentos quando necessário. O serviço tem atendimento 24 horas pelo telefone 0800 410 148.
“A agilidade em administrar o soro antiveneno em acidentes com peçonhentos pode fazer a diferença entre a vida e a morte. A orientação fornecida por telefone pode auxiliar na identificação da gravidade do caso e indicar o melhor encaminhamento”, explica a chefe da Divisão de Vigilância em Zoonoses e Intoxicações, Tânia Portella Costa.
Segundo ela, os centros de informações e assistência em toxicologia, como o CCE, prestam atendimento em envenenamentos e fornecem consultoria em urgências toxicológicas, animais peçonhentos e venenosos através de plantão telefônico 24 horas. Esse suporte auxilia os profissionais de saúde no diagnóstico e tratamento além de fornecer informações gerais e de prevenção para a população.
No Paraná, os antivenenos estão disponíveis na rede de saúde através das 22 regionais da Secretaria de Estado da Saúde e, ao todo, existem 212 centros de referência para aplicação dos soros.
PRECAUÇÕES - Uma das orientações para evitar acidentes com animais peçonhentos é não acumular entulhos e lixo, o que facilita o esconderijo e a proliferação desses animais. A superintendente de Vigilância em Saúde, Júlia Cordelini, chama a atenção para o risco a que estão sujeitos principalmente crianças e idosos.
“As crianças são mais sensíveis à toxidade do veneno pela baixa massa corpórea e os idosos por sua fragilidade física. No entanto, o risco aos acidentes é comum para todos, o que demanda cuidados e prevenção”, ressaltou.
NÚMEROS – Em 2016, o Paraná registrou mais de 14 mil acidentes com animais peçonhentos, sendo que as picadas de escorpiões somaram 1.738 casos. Neste ano, de janeiro a setembro (dados preliminares), já foram computados 924 acidentes com escorpiões. No mesmo período de 2016, o Paraná registrou 990 casos.
ESCORPIÕES – No Paraná, existem vários tipos de escorpiões nativos, como o marrom (Tityus bahiensis, Tityus costatus, Ananteris sp) e o pretinho, do gênero Bothriurus, espécies que não apresentam acidentes graves. No entanto, a partir da década de 1980 foi introduzido no Estado o escorpião amarelo (Tityus serrulatus), espécie de maior periculosidade, sendo o principal causador dos óbitos, principalmente em crianças.
Segundo o biólogo da Secretaria da Saúde, Emanuel Marques da Silva, o escorpião amarelo é uma espécie que se reproduz com rapidez. “É uma espécie generalista com grande capacidade de adaptação a ambientes alterados, como os ambientes domiciliares e seu entorno. A presença de apenas um exemplar pode provocar a infestação, porque a fêmea se reproduz de forma assexuada (partenogênose), sem a necessidade do macho”, explicou.
A espécie prefere se proteger em ambientes quentes e úmidos, saindo para caçar e se alimentar. No ambiente domiciliar o escorpião amarelo se abriga sob madeiras velhas, lenha, telhas, tijolos, restos de construção, entulhos e principalmente frestas em calçadas, muros e paredes.
“O lixo domiciliar mal acondicionado, restos de alimentos e sujeira nos domicílios atraem insetos, como baratas e outros que são alimentos dos escorpiões. Dessa forma, estes animais têm abrigo, alimento e água no entorno das habitações”, detalha o biólogo.
Para evitar acidentes, é importante que as pessoas removam materiais desnecessários, mantenham o lixo domiciliar acondicionado de forma adequada e fechem as frestas para que os escorpiões não se instalem e se reproduzam nas casas.
(box)
Veja algumas orientações para prevenir acidentes com animais peçonhentos
Usar calçados e luvas nas atividades rurais e de jardinagem;
Examinar calçados e roupas pessoais, de cama e banho, antes de usá-las;
Afastar camas e berços das paredes;
Não deixar que lençóis ou cobertores sobre a cama e berço encostem no chão. Aranhas e escorpiões podem utilizá-los como apoio para subir e se abrigar entre tecidos e travesseiros;
Não acumular lixo orgânico, entulhos e materiais de construção;
Vedar frestas e buracos em paredes, assoalhos, forros e rodapés;
Utilizar telas, vedantes ou sacos de areia em portas, janelas e ralos;
Manter limpos os locais próximos das residências, jardins, quintais, paióis e celeiros.
Em caso de dúvidas, ligue para o telefone 0800 410148 (Centro de Controle de Envenenamentos do Paraná).