terça-feira, 25 de abril de 2017

Paraná Competitivo amplia participação do Estado em empregos na indústria


Os investimentos atraídos pelo programa de incentivos Paraná Competitivo contribuíram para aumentar a participação do Estado na geração de vagas na indústria e foram responsáveis, inclusive, por sustentar o emprego em alguns setores no País. Em pelo menos dois deles – papel e celulose e fabricação de pneus – o Paraná, sozinho, gerou mais vagas do que todo o Brasil nos últimos anos. 

O levantamento, realizado pelo Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico Social (Ipardes), tomou como base o período de janeiro de 2011, quando o Governo Estadual lançou o programa, a fevereiro de 2017. Foram usadas informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD). 

Em 2012, o Paraná respondia por 7,81% das ocupações da indústria da transformação no Brasil. Mesmo com a crise econômica, o Estado aumentou sua participação nos últimos anos e, no fim de 2016, representava 8,02% do emprego no setor. 

Enquanto isso, São Paulo, maior polo industrial do País, teve sua participação reduzida de 31% para 29,5% no total de empregos do setor. No fim do ano passado, eram 812 mil pessoas ocupadas na indústria do Estado. 

Criado em 2011, o Paraná Competitivo já atraiu R$ 42 bilhões em investimentos, sendo R$ 24 bilhões de empresas privadas e R$ 18 bilhões de estatais. O número de empregos diretos gerados pelos empreendimentos cadastrados no programa é de cerca de 100 mil. 

PAPEL E CELULOSE - Os investimentos da Klabin em Ortigueira, maior projeto atraído pelo Paraná Competitivo até agora, são um exemplo desse movimento. O empreendimento provocou um salto na geração de empregos do setor de papel e celulose na região. A fábrica recebeu investimentos de R$ 7 bilhões para produzir 1,5 milhão de toneladas de celulose. 

Entre janeiro de 2011 a fevereiro de 2017, a fabricação de celulose, papel e produtos de papel registrou saldo positivo no emprego com carteira assinada de 3.296 vagas na microrregião de Telêmaco Borba (que abrange o município de Ortigueira). Nesse mesmo período, o emprego formal no setor em nível nacional contabilizou saldo de 2.986 vagas. “Ou seja, sem o desempenho do Paraná, o saldo do setor seria negativo. Quando se olha no detalhe percebe-se o impacto sobre a geração de empregos que o programa teve. E é um resultado relevante, principalmente em regiões de baixo desenvolvimento econômico”, diz Julio Suzuki Júnior, diretor presidente do Ipardes. 

PRODUTOS DE BORRACHA - Outro exemplo é a japonesa Sumitomo, que, com o apoio do programa estadual de incentivos, instalou um complexo industrial para produção de pneus em Fazenda Rio Grande, na região de Curitiba. 

A fabricação de produtos de borracha, que engloba a produção de pneus da multinacional japonesa, registrou um saldo positivo no emprego com carteira assinada de 724 vagas no município de Fazenda Rio Grande entre janeiro de 2011 e fevereiro de 2017. No âmbito nacional, houve eliminação de 7.590 postos de trabalho nesse segmento, ou seja, a trajetória foi inversa. 

“Os impactos muitas vezes ficam menos visíveis em um contexto de crise como a que vivemos nos últimos anos, mas sobretudo no Interior, em regiões fora de Curitiba, os investimentos do Paraná Competitivo vêm gerando desenvolvimento econômico”, afirma.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br

Frente fria traz chuva para SC no início desta semana e a previsão indica frio intenso a partir de quarta-feira com a chegada de uma massa polar


Foto: James Tavares/Arquivo Secom
A semana começa com sol e algumas nuvens em Santa Catarina. No Oeste e Sul do Estado, há aumento de nebulosidade e chance de chuva isolada à noite. A temperatura estará em elevação durante o dia. A massa de ar seco que atua no Estado se afasta.
Na terça-feira, 25, o tempo fica instável com chuva a partir da madrugada no Oeste e nas demais regiões no decorrer do dia. Há risco de temporal isolado, especialmente no Oeste. Caso as previsões do setor de meteorologia da Epagri/Ciram se confirmem, há riscos de alagamentos, enxurradas, tempestades com descargas elétricas (raios) e vendavais ao longo da terça-feira. O acumulado pontual deve ser de 50 a 80 mm, podendo chegar a 100 mm no Oeste. A temperatura estará amena devido a cobertura da nebulosidade e o deslocamento de uma frente fria pelo estado.
Na quarta-feira de madrugada e manhã, a previsão é de chuva em boa parte do Estado, devido a frente fria. No decorrer do dia, as nuvens diminuem e o sol aparece em SC. A partir de quarta-feira, a temperatura estará em declínio, frio à noite com o avanço de uma massa de ar polar sobre Santa Catarina. 
De acordo com o meteorologista Clóvis Correa, a massa de ar frio que chega na quarta-feira vai se manter na quinta, sexta, sábado e domingo. “As temperaturas devem ficar negativas principalmente nas partes altas de SC, como por exemplo, o Planalto Sul catarinense, há ainda previsão de geada nessas regiões”, informou.
Recomenda-se o acompanhamento diário da previsão do tempo.
Qualquer problema deve ser comunicado à coordenadoria municipal de Defesa Civil, através do telefone de emergência 199 ou para o Corpo de Bombeiros no número 193.
Recomendações da Defesa Civil SC:
Alagamentos: evitar o contato com as águas e não dirigir em lugares alagados. Evitar transitar em pontilhões e pontes submersas e cuidado com crianças próximas de rios e ribeirões.
Enxurradas: Não fique próximo às margens de rios e ribeirões, principalmente em regiões de relevo acentuado, montanhoso e pequenos vales, pois muitas vezes há temporais intensos sobre os topos e cabeceiras, gerando repentinamente grande quantidade de água num curto espaço de tempo. Este tipo de evento adverso apresenta grande poder destrutivo, podendo arrastar veículos, pessoas, animais e mobílias por vários quilômetros. A força das águas pode ainda provocar o rolamento de blocos de pedras, arrancar árvores, destruir edificações e causar deslizamentos de terra nas margens.
Tempestades com descargas elétricas (raios) e ventos fortes: Proteja-se em local abrigado, longe de placas, de árvores, de postes de energia e de objetos que podem ser arremessados. Se não encontrar um abrigo, agache-se com os pés juntos, com a cabeça encostada em seu peito ou entre os joelhos e as mãos cobrindo suas orelhas ou apoiadas em seus joelhos. Se estiver na praia, jamais fique na água. Não olhe para o raio. Se estiver em casa ou qualquer outro local abrigado, desligue os aparelhos eletrônicos, não use o telefone, fique longe das janelas e lembre-se, o banheiro em alvenaria é o melhor local durante uma tempestade!
Mais informações:Epagri/Ciram
Fone: (48) 3665-5006

Três suspeitos de participar de mega-assalto são mortos em confronto no Paraná


(Foto: Divulgação – Ministerio del Interior de Paraguay)
Três suspeitos de participarem de uma quadrilha que levou US$ 40 milhões (R$ 120 milhões) da empresa Prosegur de Ciudad del Este, no Paraguai, foram mortos durante confronto com policiais brasileiros na região de Itaipulândia e São Miguel do Iguaçu, no oeste do Paraná, na tarde de desta segunda-feira, 24. Outros dois homens ficaram feridos. Eles teriam cruzado a fronteira após praticar um assalto cinematográfico à sede da empresa, situada a quatro quilômetros da Ponte da Amizade, que liga Brasil e Paraguai, com granadas e metralhadoras. Um policial foi morto no ataque à Prosegur.
Os assaltantes chegaram ao Brasil pelo lago de Itaipu e foram localizados por agentes do Núcleo Especial de Polícia Marítima (Nepom), da Polícia Federal, por volta do meio-dia, no município de Itaipulândia, a 70 quilômetros de Foz do Iguaçu, que faz fronteira com a localidade de Puerto Índio, no Paraguai. Ao avistar a embarcação, os policiais foram recebidos a tiros. Os membros da quadrilha fugiram a pé e em carros e começaram a espalhar terror pela região.
Veículos foram roubados para fuga e propriedades rurais invadidas. Um homem ferido com dois disparos que tentava embarcar para São Paulo na rodoviária de São Miguel do Iguaçu também foi preso. A polícia acredita que os membros do grupo se dividiram na fuga e apenas 10 a 12 integrantes, de um total estimado de 30, teriam passado para o lado brasileiro.
Um gabinete de gestão de crise, com participação de policiais brasileiros e paraguaios, foi montado na delegacia da PF em Foz do Iguaçu para centralizar as investigações. O Ministro do Interior do Paraguai, Lorenzo Lescano, que nesta segunda esteve em Foz do Iguaçu acompanhando os trabalhos, disse que são grandes as possibilidades de envolvimento de organizações criminosas brasileiras no assalto.
“Tudo aponta que foi o Primeiro Comando da Capital”, diz. Ele ainda afirma que a maioria dos membros da quadrilha seria do Brasil porque foram encontrados veículos com placas do País usados pelos marginais. Outra informação que reforça a participação de brasileiros são os diálogos fluentes em português ouvidos por testemunhas.
O delegado-chefe da PF em Foz do Iguaçu, Fabiano Bordignon diz que a participação do PCC no roubo será investigada. No entanto, ele salienta que a ação não foi de amadores e que assaltos similares já foram realizados no Brasil. “É um roubo que precisa de um planejamento grande”.
Durante as buscas, os policiais recuperaram quatro veículos e uma viatura da Polícia Militar que haviam sido roubados pelos assaltantes, um fuzil, sete quilos de explosivos, uma pistola, uma embarcação e munição de calibre ponto 50, além de malotes vazios da Prosegur. No lado paraguaio, não havia informações de presos.
A operação para prender os assaltantes se estendem pela noite, com participação das polícias Rodoviária, Civil, Militar, Ambiente e a Guarda Municipal de Foz do Iguaçu. A PF aguardava a chegada de helicópteros para ajudar no patrulhamento.
O clima em Ciudad del Este após o assalto era de tensão. A residência de um casal de idosos, situada em frente à empresa, foi parcialmente destruída. Com medo, Alejandro Anisimoff e a esposa permaneceram por três horas escondidos embaixo da cama.
Nove escolas municipais, situadas no centro da cidade e próximas à Prosegur, suspenderam as aulas para garantir a segurança de alunos e professores, segundo a prefeitura. A universidade UPAP, onde o policial morto Bo assalto, Sabino Ramón Benítez, do Grupo Especial de Operações, que fazia a segurança da empresa, era aluno de educação física, também cancelou as aulas e as provas foram transferidas. A segurança em toda a região foi reforçada após o assalto.

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Divulgação da revisão do eleitorado com biometria

O TRE-SC realizará uma reunião a respeito da divulgação da revisão do eleitorado com biometria. Cada imprensa poderá ter 1 representante na reunião.

Local: Câmara de Itapoá.

Data:03/05/2017.

Horário: 14:00 hrs

ANIVERSÁRIO DA PEQUENA MAISA





























A pequena Maisa Batista  filha do casal José  Antonio Batista e Maiara Rodrigues comemorou seu 6º aniversário Junto aos amigos nas dependências do bar da família [ antigo Kojak ] na Barra do Sai.








CORRIDA RUSTICA NO 28º ANIVERSÁRIO DE ITAPOÁ


Melhores momentos da corrida rustica em comemoração ao  28º aniversário de Itapoá,  a corrida contou com atletas de Itapoá e de outras cidades de Santa Catarina e Paraná, uma organização da Prefeitura municipal de Itapoá e secretaria municipal de Turismo.

                     EM TEMPO
 CORRIGINDO NOSSA FALHA TESTO ABAIXO

Olá boa tarde. Vi o seu post sobre a corrida de Itapoá e queria pedir que vc revisar o texto para passar a informação correta. Por respeito à prefeitura, apesar de todos os problemas que enfrentamos, estamos divulgando que aconteceu uma parceria com a Prefeitura e não que a Prefeitura apenas apoiou o evento.
https://scontent-gru2-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-1/p32x32/17757600_1901424523409875_312098740792920902_n.jpg?oh=98c7ef7ffc69ebef77c710c6d4909b62&oe=59953AD0
Porém gostaria de informar o como os fatos aconteceram para vc conhecer os dois lados da história e poder divulgar uma nota isenta.
https://scontent-gru2-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-1/p32x32/17757600_1901424523409875_312098740792920902_n.jpg?oh=98c7ef7ffc69ebef77c710c6d4909b62&oe=59953AD0
O Grupo Divando de Tenis pagou de 8.000,00 a 10.000,00 pela corrida (cronometragem, backdrop, divulgação, seguro atletas e Permit da Federação Catarinense de Atletismo - vc viu que tinha até fiscal presente, e esse profissional foi pago pelo Divando e outras coisas mais que estamos fazendo o balancete). Com as 160 inscrições no valor de 40,00 cada, descontando as taxas, tivemos um lucro líquido de 6.000. Com patrocínio arrecadamos mais 1.600,00. Essa foi a participação do Divando de Tênis. A prefeitura (secretaria de esportes) deu as medalhas e os troféus no valor de 2.300,00 e a secretaria de turismo cuidou da desastrosa sinalização da pista. As placas de sinalização foram pagas pelo Divando. A Prefeitura só colocou cones e cavaletes e disponibilizou algumas pessoas para ficarem no trajeto.
https://scontent-gru2-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-1/p32x32/17757600_1901424523409875_312098740792920902_n.jpg?oh=98c7ef7ffc69ebef77c710c6d4909b62&oe=59953AD0
Quem realizou a corrida foi o Divando e quem organizou a corrida foi o Divando de Tênis. Quem prejudicou a corrida porque não fez seu trabalho direito foi a secretaria de turismo, que quase anulou a prova por causa das reclamações. A Secretaria de Esportes deu os troféus, mas faltaram 6, a gente teve que reutilizar troféus para não ficar feio!
https://scontent-gru2-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-1/p32x32/17757600_1901424523409875_312098740792920902_n.jpg?oh=98c7ef7ffc69ebef77c710c6d4909b62&oe=59953AD0
Os números não são exatos, é só para vc ter noção. Vamos apresentar o caixa direitinho em breve.
Então que fez a corrida foi o Divando de Tênis e não a Prefeitura.

OBRIGADO ONEIDE URSO








sábado, 22 de abril de 2017

MELHORES MOMENTOS DO BAILE DA 3ª IDADE DO CLUBE CÉU AZUL DO PONTAL

 Confira como foi o baile da terceira idade do clube céu azul do pontal, baile animado pelo grupo musical fogo e paixão de Joinville tocando musicas dos anos 60 e 70 para um publico exigente pois recordar é viver por isso querem musica contemporâneas da velha guarda.








"Jhony Bravo" é morto com mais de 45 tiros , uma mulher foi baleada mas resistiu


Diony Pereira, de 29 anos, conhecido "Jhony Bravo", foi executado com mais de 60 tiros na noite de sexta-feira (21) na Rua Curitiba, no Jardim Cometa, em Sarandi, região norte do estado.


A vítima estava sentada em uma mesa tomando uma cerveja quando três homens desceram de um carro de cor vermelha atirando.

Diony não teve chance de correr dos criminosos e morreu local. Durante os disparos, a proprietária da cervejaria Aparecida de Fátima Vieira, de 48 anos, que trabalha no local foi alvejada com um tiro na coxa. A mulher foi socorrida por uma equipe do Siate de Sarandi e encaminhada para o pronto socorro do Hospital Metropolitano de Sarandi.

A cena do crime foi isolada pela Polícia Militar, pois haviam centenas de munições espalhadas ao lado do corpo de Diony Pereira. O perito criminal recolheu 65 estojos deflagrados de calibre 9mm. Os tiros atingiram apenas a cabeça da vítima. Diony possuía anotações criminais.

Câmeras de monitoramento da cervejaria e de outros estabelecimentos comerciais poderão ajudar a polícia na investigação. O corpo do rapaz foi encaminhado para o IML de Maringá.

André Almenara

Paraná é o primeiro do mundo na produtividade de soja


A produtividade média da soja no Paraná será a mais alta do mundo nesta safra. Com a produção de 3,6 toneladas por hectare, o Estado supera em 4% a média colhida nos Estados Unidos, maior produtor do planeta, que atingiu 3,5 ton/hectare. O volume médio paranaense também é 11% superior à média brasileira, que alcança 3,2 ton/hectare. 

A estimativa é que o Paraná produza 19 milhões de toneladas de soja na atual safra - uma alta de 13% sobre o volume registrado na colheita passada. Segundo dados do Departamento de Economia Rural (Deral), da Secretaria da Agricultura e Abastecimento, o clima e a capacitação do agricultor contribuíram para a evolução da produção. 

O Deral também destaca que a safra de verão deve alcançar 24,2 milhões de toneladas neste ano – 19% a mais do que no ano passado. Além da soja, entram nesta soma as lavouras de milho e de feijão. “Estes números confirmam a eficiência dos produtores rurais paranaenses, que ano a ano, buscam aprimorar o desenvolvimento tecnológico como forma de melhorar a produtividade e a rentabilidade das lavouras”, afirma o secretário da Agricultura e Abastecimento, Norberto Ortigara. 

Marcelo Garrido, técnico do Deral, reforça que a capacidade técnica do agricultor e os serviços de assistência mantidos no Paraná garantem ao Estado o segundo posto na produção de grãos no Brasil. “Neste ano, o clima beneficiou a produção”, disse ele. “Mas, junto com isso, sempre há investimento em tecnologia e no bom manejo das lavouras”, destaca. 

A estimativa do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes) é que o PIB do agronegócio paranaenses suba 1,5% neste ano, contra uma queda de 2,4% projetada para 2016 (os números oficiais ainda não estão disponíveis). “Quando maior a produção, mais dinheiro circula. Com isso a economia segue rodando”, comemora Garrido.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br

Chamada de novos agentes de segurança pública e segunda edição do Fundam são os destaques do Com a Palavra, o Governador


Foto: James Tavares / Secom

A chamada pelo Governo do Estado de 320 novos agentes de Segurança Pública aprovados no concurso da Polícia Civil foi o tema principal do programa Com a Palavra, o Governador desta sexta-feira, 21. Raimundo Colombo explicou que, mesmo com a crise e o impacto na folha, o investimento é necessário. "A nossa polícia já realiza um excelente trabalho, mas a criminalidade e a violência nos desafiam todos os dias e o Estado precisa agir e dar uma resposta rápida à população", disse.

Colombo também elogiou o trabalho de inteligência, que permite à polícia agir de forma antecipada e até mesmo evitar situações mais graves. Entre os chamados estão 234 agentes, 25 delegados e 61 auxiliares periciais do Instituto Geral de Perícias (IGP). "Até o final do ano vamos lançar edital para um novo concurso com 695 vagas para a polícia, IGP e Corpo de Bombeiros. Também vamos renovar a frota, comprar coletes e equipamentos para que esses profissionais possam exercer o seu trabalho com segurança e eficiência na proteção deles e das pessoas", acrescentou o governador.
O outro assunto da entrevista foi a realização da segunda edição do Fundam - programa que repassa recursos para os municípios investirem em infraestrutura. Na primeira edição foram distribuídos R $ 600 milhões aos 295 municípios catarinenses.
"A gente fornece o recurso e capacita o gestor municipal a atender o que realmente é a prioridade de cada local. Os recursos para a segunda edição já estão garantidos com o apoio do BNDES, que inclusive aponta o Fundam um dos melhores programas de apoio aos municípios desenvolvidos no país", concluiu Raimundo Colombo.
A íntegra do programa está disponível no Vimeo e no Youtube. A versão em áudio pode ser acessada na Rádio Secom.

TROCANDO DE PARTIDO

Davi da Costa troca o PP pelo PRB é o mais novo camisa 10 dos Republicanos.

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Figueirense apenas empata clássico e Paraná está garantido nas quartas de final da Primeira Liga

Paraná está nas quartas de final da Primeira Liga. (Geraldo Bubniak/AGB)

Um dia depois de garantir vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil, o Paraná comemora a classificação na Primeira Liga. Sem entrar em campo, o Tricolor contou com o Figueirense que tropeçou no clássico local contra o Avaí para ficar com a segunda colocação do grupo D e está nas quartas de final.

O Figueirense precisava vencer por três gols de diferença e ficou apenas no empate em 1 a 1 com o Avaí. O Alvinegro catarinense saiu na frente ainda no primeiro tempo com Mateus Índio, que marcou seu primeiro gol como profissional. Porém, não manteve a vantagem e sofreu o gol em lance de bola parada com Rômulo que aproveitou cruzamento de Marquinhos.

Com o resultado, o Paraná se manteve na segunda colocação, com quatro pontos, e o Figueirense terminou logo atrás, com somente dois. O Londrina ficou na liderança, com 100% de aproveitamento, e o Avaí pontuou apenas uma vez.

O Tricolor agora aguarda o desfecho da primeira fase que acontece apenas na próxima semana para conhecer o adversário nas quartas de final. Porém, o Paraná já sabe que enfrentará Internacional, Flamengo, Cruzeiro ou Londrina, em jogo fora de casa que acontecerá somente em agosto.

 http://www.bandab.com.br/esportes/figueirense-apenas-empata-classico-e-parana-esta-garantido-nas-quartas-de-final-da-primeira-liga/

BALEIA AZUL Estado adota medidas de proteção e orientação de jovens e adolescentes

O Governo do Estado mobilizou equipes da segurança pública, educação e saúde e determinou a adoção de todas as medidas necessárias para proteger e orientar adolescentes em razão de suspeitas de tentativas de suicídio estimuladas pelo jogo virtual Baleia Azul.

Nesta quarta-feira (18/04), o secretário da Segurança Pública e Administração Penitenciária, Wargner Mesquita, anunciou a criação de uma força tarefa para investigar casos de jovens que procuraram assistência hospitalar nos últimos dias por conta de atos de automutilação e outros ferimentos autoprovocados.

Os trabalhos envolvem o Núcleo de Proteção a Criança e ao Adolescente Vítimas de Crime (Nucria), que vai fazer o primeiro atendimento, o Núcleo de Combate aos Cibercrimes (Nuciber) e o Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) A formalização de inquéritos fica a cargo da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). A Polícia Científica também compõe o grupo.

Mesquita explica que em cidades onde não há unidades da força-tarefa, a comunicação do crime deve ser feita na delegacia mais próxima, que vai direcionar os casos. “O trabalho da polícia é de identificar e responsabilizar indivíduos que possam estar recrutando jovens e administrando jogos por redes sociais, incitando ao suicídio”, disse.

Ele também reforçou a importância da atenção dos pais de jovens e adolescentes. “A orientação aos pais e educadores dos jovens é que se registre a ocorrência, seja preservado o material (celular e/ou computador) e prestado atendimento médico imediato”, afirma o secretário da Segurança Pública.

EDUCAÇÃO - A Secretaria da Educação emitiu um comunicado para que educadores da rede pública estadual reforcem os cuidados quanto à mudanças de comportamento dos estudantes - como alterações de humor, de rotina, vestimenta - ou o aparecimento de marcas no corpo e mesmo de tatuagens.

A secretária da Educação, professora Ana Seres, esclarece que as escolas já estão preparadas para lidar com situações inusitadas e de risco, não só como no caso o jogo Baleia Azul. “Pedagogos, professores, funcionários e diretores sabem que, ao identificar qualquer comportamento estranho num estudante, devem ser tomadas providências”, afirma.

Ela explica que as escolas devem chamar a família, conversar com o aluno e os pais e buscar um adequado encaminhamento para o caso, seja pedagógico ou médico. “Temos uma rede de proteção para ser acionada, que envolve a escola, a família, conselhos tutelares, Ministério Público. Importante é manter as crianças e adolescentes protegidos e com a assistência necessária”, completou, lembrando que a ouvidoria da secretaria também pode ser acionada pelo fone 0800-419192 ou pelo e-mail ouvseed@pr.gov.br.

ALERTA - A Secretaria da Saúde determinou que hospitais, prontos socorros, unidades de saúde e demais serviços de atendimento médico no Paraná redobrem a atenção em situações de automutilação e uso inadequado de medicamentos por crianças e adolescentes.

Uma nota técnica da secretaria vai orientar a conduta dos profissionais da saúde frente a este tipo de situação. Uma rede de serviços estará à disposição para dar suporte aos casos que forem registrados, tanto com assistência clínica quanto psicológica.

Para a família, a recomendação da pasta é que, ao identificar algum comportamento suspeito, leve a criança ou adolescente para a unidade de saúde mais próxima. “A situação é delicada e os pais devem ficar atentos ao comportamento de seus filhos”, afirma o secretário da Saúde, Michele Caputo Neto. “Trata-se de um jogo criminoso que tomou conta das redes sociais e está vitimando nossas crianças”, disse.

Caso haja algum sinal de automutilação, o encaminhamento deve ser feito para o pronto socorro, de um hospital ou de uma Unidade de Pronto Atendimento 24h (UPA). “Órgãos de saúde, educação e segurança pública estão trabalhando em conjunto para dar uma resposta a sociedade frente a este grave problema”, declarou Caputo Neto.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br

Polícia Civil deflagra a maior ofensiva contra facção criminosa atuante em Santa Catarina



Fotos: Julio Cavalheiro / Secom

A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), por meio da Polícia Civil e sua Divisão de Repressão ao Crime Organizado da Diretoria Estadual de Investigações Criminais, deflagrou na manhã desta quinta-feira, 20, a maior operação policial para cumprir 91 mandados de prisão, dos 112 expedidos pela Justiça, e 40 mandados de busca e apreensão, nas cidades de Florianópolis, São José, Balneário Camboriú, Itajaí, Joinville, Araquari e Laguna.

A operação coordenada pela Draco/Deic é a maior ofensiva já realizada pela Polícia Civil contra a facção criminosa atuante em Santa Catarina e com ramificações em outros estados, envolvida em crimes de roubo, tráfico de drogas, associação para o tráfico, corrupção de menores, homicídio, estelionato, lavagem de dinheiro e porte/posse/comércio de armas de fogo/munições.

Foram apreendidos ainda pistolas, diversos telefones celulares e aparelhos de radiocomunicação. Boa parte dos mandados foram cumpridos contra criminosos já segregados em unidades prisionais.



 As investigações vêm sendo realizadas há aproximadamente cinco meses, período em que 11 membros da facção foram presos nas cidades de Florianópolis, Joinville, Navegantes, Balneário Camboriú e Chapecól. Também identificou as principais lideranças dessa organização criminosa atuantes dentro e fora do sistema prisional de Santa Catarina, as quais são alvos das medidas judiciais.

Participam da Operação 200 Policiais Civis da Deic, DPGF, DIPC, SAER, DIC Laguna, DIC e 2ª DRP Joinville, DIC e SIC/Dpco de Balneário Camboriú, DIC de Itajaí e integrantes da DINI.


Integração policial
Em coletiva de imprensa na tarde desta quinta, o Secretário da Segurança Pública, César Augusto Grubba, destacou a parceria com as agências de Inteligência da SSP, Sistema Prisional, Ministério Público e Poder judiciário que possibilitou o sucesso da operação.

Ele também parabenizou as equipes envolvidas na operação e o trabalho da PM na quarta-feira à noite, na Vila União, no Norte da Ilha, em Florianópolis, quando um verdadeiro arsenal foi apreendido com quatro criminosos. "Estamos trabalhando com afinco e dedicação e o exemplo são essas ações operacionais. O trabalho policial vem sendo efetivamente concretizado”, destacou Grubba.


O secretário fez um apelo à população em relação ao consumo de drogas. “Precisamos muito mais do que o trabalho das polícias. O Estado sozinho não dá conta contra a criminalidade. A própria sociedade pode colaborar não consumindo drogas. Enquanto tiver elementos da sociedade consumindo drogas vai ter o traficante vendendo. Então o estado social tem que atacar as causas primárias da criminalidade, fazer trabalhos sociais, porque quanto mais aplicar no social, menos vai aplicar na punição e na repressão”.

Já o delegado Adriano Bini, diretor da Deic, explicou que a facção criminosa vem há alguns anos tentando se instalar e atuar em Santa Catarina. “É uma facção criminosa de fora do Estado e o foco principal de atuação é o tráfico de drogas, justamente pela lucratividade. São investigados pelos crimes de tráfico de drogas, associação pelo tráfico, homicídio, lavagem de dinheiro, estelionato e assim por diante. Ainda temos policiais civis nas ruas com o objetivo de realizar o cumprimento dessas ordens judiciais. Portanto a operação para nós é extremamente positiva", disse o delegado.

Para o delegado Antônio Cláudio Joca, diretor da Draco, a operação policial representa um duro golpe contra o crime organizado. Ele acredita que crimes de homicídios, como os registrados esta semana na Vila União, serão esclarecidos com as prisões efetuadas. “Também investigamos crimes registrados em Laguna e Chapecó”, declarou o policial. Ele acredita que a prisão das principais lideranças do Norte da Ilha representa um duro golpe contra o crime.

Participaram da coletiva o secretário de Estado da Segurança Pública, César Augusto Grubba; delegado-geral da Polícia Civil, Artur Nitz; diretor da Deic, delegado Adriano Bini; delegado Antonio Carlos Joca, da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (Draco) e o diretor de polícia da Grande Florianópolis, delegado Verdi Furlanetto.

Informações adicionais para a imprensaJoão Carlos Mendonça Santos
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado da Segurança Pública
E-mail: imprensa@ssp.sc.gov.brFone: (48) 3251-1117 / 98843-7615
Site: www.ssp.sc.gov.br

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Prefeitura presta esclarecimento sobre o ônibus universitário

A Prefeitura de Itapoá comunica que presa pela transparência e que não é contra o transporte universitário. O prefeito, Marlon Roberto Neuber, destacou que também utilizou o ônibus e que desde o inicio do ano a atual administração está trabalhando para contratar os cinco veículos e desta forma atender todos os estudantes que precisam do serviço.

Neuber explicou que o Processo Licitatório nº 09/2017 foi aberto na primeira quinzena de fevereiro e as propostas abertas em 24 do mesmo mês. Na data uma empresa apresentou uma proposta de R$ 575.000,00, outra de R$ 585.000,00 e a mais outra de R$ 724.000,00. Depois disso, em conformidade com a lei, a segunda colocada entrou com recurso e na sequência ocorreram uma série de recursos e contrarrazões. O prefeito enfatiza que a lei assegura às empresas esse direito e que isso decorre independente da necessidade de concluir todo o processo em menos tempo.

Ainda, conforme o prefeito, todo esse processo terminou no dia 18 de abril, ocorre que o Ministério Público (MP) enviou uma recomendação no dia 19 do mesmo mês que aconselha o município a suspender o processo licitatório, para que seja analisada a legalidade de um município proporcionar o transporte para o ensino superior.

Neuber está mantendo um dialogo constante com o MP e, se preciso, firmará um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) para que seja possível oferecer o serviço. Segundo ele, se a recomendação não for seguida corre-se o risco de incorrer em dolo.  O prefeito finaliza dizendo que os estudantes podem contar com ele.

A prefeitura vai responder aos questionamentos do MP, e sendo permitido começa o novo processo de contratação dos ônibus. Ainda, caso haja um acordo com o MP, em caráter emergencial será contratada uma empresa para prestar parte do serviço de transporte enquanto finaliza o novo processo de contratação. Ressalta-se que, somente com autorização do MP o município poderá contratar empresa para promover o transporte dos universitários. 

 http://www.itapoa.sc.gov.br/noticias/index/ver/codNoticia/418661/codMapaItem/18565

Turistas de SC são assaltados a caminho de Foz do Iguaçu, no Paraná

Assalto ocorreu na BR-277, em Medianeira, na madrugada desta quinta-feira (20). 

  m grupo de turistas que seguia de Dionísio Cerqueira, em Santa Catarina, para Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, foi assaltado durante a madrugada desta quinta-feira (20) na BR-277, em Medianeira, também na região oeste.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os turistas estavam em uma van e foram abordados por quatro homens armados. Ninguém ficou ferido.

Após o roubo, os ladrões fugiram com todo o dinheiro das vítimas. Até as 7h, ninguém tinha sido preso.



Na medida - Empate sem gols garante Paraná nas oitavas

O Paraná Clube está nas oitavas-de-final da Copa do Brasil. Jogando com a vantagem do regulamento, o Tricolor ficou no 0x0 com o Vitória-BA, na noite desta quarta-feira, na Vila Capanema. Como havia vencido em Salvador (2x0), garantiu vaga na próxima etapa da competição. É um dos cinco “sobreviventes” dos 80 clubes que iniciaram a competição. Estes, se unem às onze equipes pré-classificadas para a sequência do torneio.


O sorteio desta quinta-feira (20) vai apontar o adversário do Paraná, obrigatoriamente um dos oito clubes que disputam a Libertadores da América. “Não escolhemos adversário. A partir da definição, traçaremos a melhor estratégia para os confrontos”, disse o técnico Wagner Lopes. “Estou satisfeito com o que fizemos até aqui, mas querendo mais. Ainda podemos melhorar muitos pontos – e teremos que melhorar”, sentenciou o treinador paranista.


O jogo foi marcado por muita luta, mas poucas oportunidades para as duas equipes. O Paraná sempre mostrando muita segurança defensiva e o Vitória sem grande inspiração, apesar da necessidade de fazer dois gols de diferença. Léo, porém, teve que trabalhar aos 20, numa cobrança de escanteio desviada na primeira trave. O Tricolor só ameaçou com Jhony, cobrando falta, aos 36 minutos. No final do primeiro tempo, Nathan ainda fez boa jogada e lançou na área, mas Renatinho não chegou a tempo.


No segundo tempo, o Paraná se lançou mais à frente e aos 12 minutos Robson foi lançado num contragolpe. Mas, o goleiro Fernando Miguel estava atento e interceptou a jogada. Pouco depois, Alex Santana arriscou de longe, mas a bola saiu à esquerda do alvo. Com as mudanças, o jogo ficou mais rápido, mas o Vitória não conseguia penetrar no paredão tricolor. Aos 42, Fernando Miguel salvou o Vitória. Na bola lançada para Nathan, o Cachorrão cortou o zagueiro e chutou para a defesa do goleiro do Vitória. E foi só.



PARANÁ CLUBE 0x0 VITÓRIA

Paraná: Léo; Júnior, Airton, Eduardo Brock e Rayan; Jhony, Alex Santana, Nathan e Renatinho (Diego Tavares); Robson (Jonas Pessalli) e Ítalo (Guilherme Biteco). Técnico: Wagner Lopes.

Vitória: Fernando Miguel; Patric, Kanu, Fred e Geferson; Willian Farias (Uillian Correia), Bruno Ramires (Pineda), Euller (Jhemerson) e Cleiton Xavier; David e André Lima. Técnico: Argel Fucks.


Local: Durival Britto (Curitiba-PR)

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)

Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG) e Pablo Almeida da Costa (MG)

Renda: R$ 207.900,00

Público pagante: 7.399

Público total: 8.696

Cartões amarelos: Brock (Paraná). Geferson, Ramires e André Lima (Vitória)



Departamento de Comunicação - PRC

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Porto Itapoá realiza a primeira operação com navios rol-on rol-off para atender BMW Group

O Porto Itapoá realizou no dia 2 de abril a operação teste com navios Rol-On Rol-Off, para movimentação de automóveis do BMW Group. Foram dezenas de veículos importados dos Estados Unidos e a operação de descarga durou cerca de uma hora. No último dia 6, todos os automóveis foram transferidos para o pátio do fabricante, em Araquari (SC).

O BMW Group instalou-se em Santa Catarina em 2014 e, desde então, o Porto Itapoá tem sido uma das principais alternativas portuárias para a operação de importação e exportação em contêineres para o fabricante. Contudo, esta é a primeira vez que a operação ocorre com navios especiais de carga Rol-On Rol-Off, especialmente para atender à montadora alemã. Para o Porto Itapoá, a importância deste evento reflete o compromisso do Terminal em oferecer soluções logísticas completas para seus parceiros.

O BMW Group é um dos principais Clientes do porto e, esta demanda específica de operação Rol-On Rol-Off há muito vinha sendo estudada pelas equipes de ambas as empresas.

http://www.portoitapoa.com.br/noticia/Porto_Itapoa_realiza_a_primeira_operacao_com_navios_rol-on_rol-off_para_atender_BMW_Group/513

Adolescentes com tentativas de suicídio e automutilação já estão em casa; são 8 casos em Curitiba



Já estão em casa e passam bem os oito adolescentes internados na rede pública de saúde Curitiba nas últimas horas após tentativas de suicídio e automutilação. A informação foi repassada pela Secretaria Municipal da Saúde na manhã desta quarta-feira (19). Em todos os casos, havia sinais de automutilação e ingestão de medicamentos, o que pode indicar relação ao “jogo” Baleia Azul, que propõe 50 desafios aos participantes e sugere o suicídio como última etapa.

De acordo com a assessoria da secretaria de saúde, o comportamento padrão dos jovens indica que pode haver uma relação direta com o jogo. Eles apresentavam um comportamento padrão que remete às etapas do jogo, porém, ainda não há confirmação oficial se os casos têm relação com os desafios da “Baleia Azul”. Todos estão recebendo acompanhamento psicológico e os prontuários médicos foram entregues na Delegacia de Homicídios para investigação.

Inicialmente, a prefeitura informou que cinco jovens foram encaminhados à unidades de saúde de Curitiba após tentarem se matar. Na sequência, outros três adolescentes também foram internados, mas, nestes casos, não houve tentativa de suicídio e sim automutilação com ferimentos pelo corpo.

Todos os pacientes estão tendo o acompanhamento dos Conselhos Tutelares que irão acompanhar a investigação junto com a polícia. Eles têm entre 13 e 17 anos.

Investigação
A Prefeitura solicitou investigação à Polícia Federal. Além disso, serão desenvolvidas atividades de prevenção ao suicídio nas escolas com estudantes adolescentes, faixa etária alvo do jogo. A ação envolve as secretarias municipal e estadual de Educação.

No “jogo” Baleia Azul, os adolescentes relatam receber mensagens em redes sociais com tarefas a serem cumpridas. Nas conversas, um grupo de organizadores, chamados “curadores”, propõe 50 desafios macabros aos adolescentes, como fazer fotos assistindo a filmes de terror, automutilar-se desenhando baleias com instrumentos afiados no corpo e ficar doente.

O Baleia Azul começou como “fake news” (notícia falsa) divulgada por um veículo de comunicação estatal da Rússia e se espalhou a partir de 2015. Mesmo sendo fake news, a notícia gerou um contágio, principalmente entre os jovens. De acordo com especialistas, o jogo não existia, mas com a grande repercussão da notícia, pode ter passado a existir.
Orientação

O secretário de saúde faz um alerta importante aos pais. “Orientamos que pais e responsáveis conversem com os adolescentes e fiquem atentos a sinais de isolamento, perda de vínculo familiar e quadros de automutilação”, diz o secretário municipal da Saúde de Curitiba, João Carlos Baracho. De acordo com o Baracho, os postos de saúde são a porta de entrada no sistema para aquelas famílias que precisam de ajuda. Caso seja necessário, o posto pode direcionar para atendimento de saúde mental em Caps ou outro serviço especializado, de acordo com a gravidade do caso.

Seriado
No mesmo sentido, a Secretaria Municipal da Saúde faz um alerta em relação ao seriado 13 Reasons Why. Os episódios, exibidos pela plataforma de streamming Netflix, contam a história de uma garota que deixa fitas cassetes explicando as razões que a levaram a cometer suicídio.

De acordo com a Associação Paranaense de Psiquiatria (Appsiq), obras de ficção que simbolizam a vida real podem contribuir para fomentar discussões de temas importantes. A entidade manifestou satisfação em constatar que o seriado que trata de bullying, depressão e suicídio entre adolescentes tenha provocado alta de 170% nos acessos ao Centro de Valorização da Vida (CVV), que há 55 anos atua na prevenção do suicídio no Brasil.


Segundo a Appsiq, porém, “a série 13 Reasons Why peca por não abordar a questão do adoecimento mental da personagem, não provocar diálogos sobre como o desfecho dela poderia ser evitado e, principalmente, por dar a impressão de que buscar ajuda é inefetivo.”

A Appsiq critica também a “glamourização” do suicídio, a utilização do autoextermínio como instrumento de vingança e o fato de atrelar a ideia de suicídio à culpabilização. A entidade alerta, ainda, em relação ao efeito Werther – termo científico pelo qual a publicidade de um caso notável serve de estímulo para novas ocorrências, contribuindo para a difusão do método, apologia ou idealização do ato.

De acordo com a coordenadora de Saúde Mental da Secretaria Municipal da Saúde, Flávia Adachi, os pais e responsáveis não precisam proibir o adolescente de ver a série, mas devem preferencialmente assistir junto e conversar sobre o assunto. “Pode perguntar ao filho se ele conhece alguém que já passou por aquelas situações ou se ele efetivamente já passou por aquilo, tentando deixar um canal aberto franco de diálogo”, aconselha.

A psicóloga Maria Cristina Barreto, que trabalha na Saúde Mental da secretaria, na área técnica da infância e adolescência, explica que essa fase da vida é de grande vulnerabilidade. “O jogo Baleia Azul tem o componente do ‘desafio’. Os adolescentes gostam de desafio, romper limites, desafiar autoridade”, conta ela. “Já a série afeta mais o adolescente que vivencia alguma situação de maior sofrimento, tornando-o suscetível a influências que podem colocá-lo em situação de risco. Então, precisamos ficar atentos a todos os perfis”, diz.

Porto de Paranaguá bate recorde de movimentação pelo sexto ano consecutivo


O ano começou com mais um recorde no Porto de Paranaguá. Os três primeiros meses de 2017 registraram a maior movimentação de todos os tempos para o período. Foram 11,67 milhões de toneladas operadas de janeiro a março, 77 mil toneladas a mais do que no ano passado, quando foram movimentadas 11,59 milhões de toneladas. Entre os anos de 2011 e 2017, o porto bateu o recorde de movimentação do primeiro trimestre todos os anos. 

Em um comparativo feito pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina, desde 2011, foram agregadas 3,35 milhões de toneladas na movimentação total do porto neste período, o que representa um crescimento de 40% nas operações. A sucessão de recordes é um sinal de como o Porto de Paranaguá está aumentando capacidade e produtividade ano após ano. “A demanda é crescente e estamos dando conta disso. Com o passar dos anos, conseguimos movimentar mais carga e com mais agilidade, dando margem para novas operações”, afirma o secretário de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho. 

INVESTIMENTOS - O aumento é resultado do maior pacote de investimentos públicos já feitos na história do Porto de Paranaguá. De 2011 a 2018, são R$934 milhões entre aportes já realizados e previstos. Entre eles, a reforma do cais, campanhas periódicas de dragagem, troca de shiploaders (carregadores de navio), novas balanças, novas portarias, reforma dos acessos, instalação de scanners de carga, nova iluminação, construção de prédios administrativos e do Centro de Proteção Ambiental, entre outros. 

VARIEDADE – O recorde deste ano foi alcançado por conta da diversificação de cargas do Porto de Paranaguá. Ainda que o Estado ainda movimente pelo porto na sua maioria graneis sólidos, especialmente grãos, hoje os graneis líquidos e as cargas gerais têm uma representatividade cada vez mais significativa. 

Ao longo destes três meses a importação e exportação de cargas líquidas cresceram 42%, enquanto as cargas gerais (veículos, máquinas, tratores, peças industriais) aumentaram em 2,4%. “Além de atender aquele usuário produtor agrícola que já conhecia Paranaguá, estamos conquistando a confiança de novos setores da economia. Investimos para nos modernizar e hoje estamos preparados para atender todos os mercados”, afirma o diretor-presidente da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina, Luiz Henrique Dividino. 

As operações com crescimentos mais significativos no período foram a soja, com 3,3 milhões e 17% de aumento; a movimentação geral de óleo diesel, com 668 mil toneladas e 70% de crescimento; a exportação de 25 mil veículos, registrando alta de 62% e a importação de fertilizantes, que chegou a 2,92 milhões de toneladas e 18% de aumento.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br

Vencida mais uma etapa para realização do Fundam 2


Foto: Fernanda Rodrigues / SAN

A proposta para a realização da segunda edição do Fundo de Apoio aos Municípios (Fundam) foi aprovada pela equipe da Secretaria do Tesouro Nacional, em audiência com o governador Raimundo Colombo nesta terça-feira, 18, em Brasília. Agora o Governo do Estado tratará da liberação dos valores com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Uma primeira audiência com a equipe do banco está prevista para esta quarta, 19, no Rio de Janeiro.
"A secretaria de Tesouro Nacional nos autorizou a fazer o acordo com o BNDES e desenvolver o contrato. Era o que precisávamos. É uma grande notícia para Santa Catarina porque o Fundam é um programa que atinge os 295 municípios catarinenses, permitindo que a gente realize investimentos extraordinários em cada um deles", destacou Colombo. O valor previsto para o financiamento que vai garantir a segunda edição, a ser lançada já no segundo semestre deste ano, é de R$ 700 milhões.

Criado pelo executivo estadual, o Fundo de Apoio aos Municípios foi estruturado para partilhar recursos entre todas as cidades catarinenses de forma criteriosa, objetiva e apartidária, proporcionando investimentos importantes, especialmente nas áreas de saúde, educação, saneamento básico e infraestrutura. A primeira edição garantiu o repasse de mais de cerca de R$ 600 milhões para as prefeituras catarinenses realizarem obras que o próprio município escolheu como prioridade. Em janeiro, em reunião com o presidente Michel Temer, o governador Colombo já havia recebido o aval para promover a segunda etapa do Fundam.

Os secretários de Estado da Fazenda, Antonio Gavazzoni, da Comunicação, João Debiasi, e de Articulação Nacional, Acélio Casagrande, acompanharam a audiência desta terça, com a sub-secretária de relações financeiras intergovernamentais da secretaria do Tesouro Nacional, Pricila Santana.
Recursos para a saúde


Ainda na tardeesta terça, a comitiva liderada pelo governador Colombo participou de audiência no Ministério da Saúde, com a presença do secretário de Atenção à Saúde, Francisco Figueiredo. "A grande preocupação da gente é aportar recursos na área da saúde, onde estamos trabalhando com um déficit muito grande. E estamos negociando com o ministério uma forma de agilizar os repasses federais para programas como o mutirão das cirurgias", explicou Colombo.